Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 21 de agosto de 2017

    Longen reúne-se hoje à tarde em Brasília com o presidente do Paraguai

    © Divulgação
    Com o objetivo de estreitar o diálogo econômico e comercial entre Brasil e Paraguai, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, reúne-se, na tarde desta segunda-feira (21/08), na sede da CNI (Confederação Nacional das Indústrias), em Brasília (DF), com o presidente Horacio Cartes. Na ocasião, Longen representará o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, e conduzirá o encontro bilateral entre os dois países, que também contará com a presença de empresários brasileiros.

    A delegação paraguaia será composta, ainda, pelo ministro da Indústria e Comércio, Gustavo Leite, e outros representantes dos setores industrial e comercial do país vizinho. A programação conta com apresentações para os empresários, debates e espaço para perguntas, e terá início às 15 horas (horário de Brasília), quando o presidente da Fiems fará a abertura do evento.
    © Divulgação
    Em seguida, terá um discurso do presidente do Paraguai e, a partir das 15h30, o ministro Gustavo Leite fará uma apresentação sobre as potencialidades e cenário econômico do Paraguai. Depois, fala o presidente da Apex Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), embaixador Roberto Jaguaribe, enquanto o senador Romero Jucá, líder do Governo no Senado, encerrará os pronunciamentos.

    O evento prossegue, então, com um debate e será aberto espaço para que os empresários presentes façam perguntas e apresentem sugestões para fomentar oportunidades de negócios e a parceria entre os dois países. Durante o evento, o presidente Sérgio Longen falará sobre o Projeto Indústria Sem Fronteiras, lançado em março deste ano para alavancar a industrialização na região de fronteira entre o Brasil e o Paraguai, e também sobre o Programa Fomentar Fronteira, criado pelo Governo do Estado para fomentar a implantação de empreendimentos econômicos na região fronteiriça.

    Serviço 

    O encontro bilateral será realizado no edifício sede da CNI, no setor Bancário Norte, quadra 1, bloco C, Brasília (DF), no Espaço Aquinos, subsolo 1.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS