Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 21 de julho de 2017

    TRÊS LAGOAS| Município recebe participantes da Conferência de Vigilância em Saúde

    Evento, com a participação de representantes de 10 municípios, acontece na Câmara Municipal, nesta sexta-feira (21)

    © Divulgação
    Foi aberta oficialmente a I Conferência de Vigilância em Saúde de Mato Grosso do Sul, macrorregião de Três Lagoas, na manhã desta sexta-feira (21), no recinto do Plenário da Câmara Municipal.

    O evento, que deverá estender-se até às 18h, segundo consta na programação, reúne representantes dos 10 municípios da macrorregião de Três Lagoas, ou seja, de Água Clara, Aparecida do Taboado, Brasilândia, Bataguassu, Cassilândia, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas.

    Esses representantes são usuários, gestores e servidores da Saúde, nas áreas de Vigilância Ambiental, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica e Vigilância em Saúde do Trabalhador.

    © Divulgação
    O tema central da conferência é a discussão e apresentação de propostas para a “Política Nacional de Vigilância em Saúde e o Fortalecimento do SUS como direito de Proteção e Promoção da Saúde e Prevenção de Agravos”.

    Além das propostas que deverão ser elaboradas e escolhidas pelos participantes, também serão eleitos os respectivos delegados de cada município para participarem da Conferência Estadual.

    A solenidade de abertura da Conferência de Vigilância em Saúde foi abrilhantada com a apresentação da Banda Marcial Cristo Redentor, regida pelo maestro Luiz Carlos Relíquias, que executou o hino Nacional Brasileiro e o Hino de Mato Grosso do Sul.

    AUTORIDADES

    A abertura oficial do evento foi prestigiada com a presença do vice-prefeito de Três Lagoas, Paulo Salomão, acompanhado da secretária municipal de Saúde, Angelina Zuque, e da presidente do Conselho Municipal de Saúde, Wilma Portela, a quem coube declarar abertos os trabalhos.

    Os trabalhos da programação da I Conferência Municipal de Saúde estão sendo coordenados pelo diretor do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) de Mato Grosso do Sul, Luiz Henrique Ferraz Demarchi.

    © Divulgação
    Ao agradecer a presenta de todos os representantes dos 10 municípios, Demarchi desejou empenho e boas propostas, porque “cada município e cada região do nosso Estado têm suas peculiaridades e questões a serem solucionadas”, disse.

    Por sua vez, o vice-prefeito de Três Lagoas, anfitriã do evento, desejou as boas vindas e assegurou “como médico, todo o apoio às ações da Saúde”, disse.

    DISCUSSÕES

    As discussões giraram em torno dos seguintes assuntos: Lugar da Vigilância em Saúde no SUS; Responsabilidade dos Estados e Governos com a Vigilância em Saúde; Saberes , Práticas, Processos de Trabalho e Tecnologias na Vigilância em Saúde; e Democracia e Participação Social no Fortalecimento da Vigilância em Saúde.

    Do total de 24 delegados da macrorregião, os participantes do município de Três Lagoas elegerão oito delegados, sendo quatro representantes usuários da Saúde, dois trabalhadores e dois gestores.

    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS