Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/07/2017

    OAB/MS pedirá informações sobre sindicâncias instauradas contra servidores da segurança

    © Divulgação
    O Presidente da Ordem dos Advogados dos Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul, Mansour Karmouche, recebeu na tarde desta terça-feira (18) assessores jurídicos e representantes da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul (AOFMS) e da Associação Beneficente dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais Oriundos do Quadro de Sargentos Policiais e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul (ABSSMS), para uma reunião conjunta onde os supra citados vieram requerer ajuda da Ordem em sindicâncias instauradas contra servidores da segurança pública por suposta violação à liberdade de expressão. 
    © Divulgação
    Estiveram presentes o Presidente da Comissão de Direitos Humanos (CDH), Christopher Pinho Ferro Scapinelli, o Presidente da AOFMS, Coronel Alírio Villa Santi, o Diretor de Relações Institucionais da ABSSMS, Antonio Ramos de Oliveira, a Procuradora do Estado e Presidente da omissão de Segurança Pública (CSP) Cláudia Paniago, a Assessora Jurídica da AOFMS, Klennya Pereira Denis, e o Assessor Jurídico da ABSSMS Gerson Almada. 

    "Recebemos anteriormente representantes do Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária (SINSAP) e da Associação dos Praças da Polícia e Bombeiro Militar (ASPRA) e agora da ABSSMS e AOFMS para discutir a instauração de diversos processos que já tem seus prazos correndo, solicitando um apoio mais intenso da OAB/MS, inclusive como Amicus curiae, para que atuemos junto ao time de defesa nestes processos. Já oficiamos a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) nesta situação e aguardaremos o retorno para decidir se vamos dialogar antes que sejam necessários processos judiciais ou administrativos, mas vamos acompanhar isto de perto" afirmou Christopher Scapinelli.


    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS