Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 10 de julho de 2017

    Energisa faz mutirão em Rochedo entre hoje e sexta

    © Divulgação
    A Energisa Mato Grosso do Sul promove a partir de hoje (10) ações de melhoria da qualidade do serviço na rede elétrica no município de Rochedo, distante 84 km de Campo Grande. As equipes da concessionária permanecem na cidade até a próxima sexta-feira, dia 14 de julho.

    A programação da empresa é extensa e inclui poda de árvores e vegetação em contato com a rede de distribuição, manutenção preventiva e corretiva da rede de distribuição, fiscalização e inspeção de unidades consumidoras, negociação de débitos com condições especiais, instalação e troca de para-raios, substituição de cabos, entre outras ações estruturantes no sistema de distribuição de energia elétrica.

    O coordenador de Relacionamento com Grandes Clientes e Poder Público, Héber Henrique Selvo, explica que a proposta da concessionária é melhorar a qualidade de fornecimento de energia em Rochedo. “São serviços técnicos e comerciais que a Energisa está oferecendo para a população do interior, visando melhorias no sistema de distribuição de energia elétrica tanto na área urbana, quanto rural”.

    Serviços 

    Na próxima sexta-feira (14), a Energisa disponibilizará na praça central de Rochedo, em tempo integral, uma equipe de atendimento para realizar negociação de débitos com condições especiais e o cadastro da tarifa social de energia elétrica. Na ocasião, a população pode conhecer a “Unidade Móvel Nossa Energia”, um veículo totalmente equipado para a realização de palestras educativas, demonstrações de experimentos físicos e maquetes.

    A tarifa social é um benefício que concede descontos na tarifa de energia para os consumidores cadastrados em programas para a população de baixa renda. Antes de buscar o cadastro junto a Energisa, é necessário que o cliente procure o CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) do município para atualizar o cadastro.


    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS