Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 18 de julho de 2017

    Eduardo Costa exige privilégio de prefeitura para compra de casa

    Lembrando que o sertanejo foi recentemente comentário na internet por ter desembolsado R$ 600 mil em carro para a namorada

    © Divulgação
    Após ser um dos assuntos mais comentados na web devido a vídeo em que aparece mostrando a namorada com o carrão que a presenteou, um BMW avaliado em R$ 600 mil, Eduardo Costa surge no centro de outra polêmica.

    Um áudio vazado mostra o cantor reclamando por telefone com uma funcionária municipal da região de Capitólio, em Minas Gerais, dizendo que a prefeitura não estaria aceitando comprar uma casa para ele (nem facilitar a obtenção do imóvel) ou seguranças para resguardar sua residência.

    O áudio foi divulgado pelo jornalista Leo Dias no programa "Fofocalizando", do SBT. O sertanejo começa dizendo que tem muito prazer em viver na região, mas que se sente desvalorizado pelas prefeituras locais. “Tudo é muito difícil com a prefeitura daí”, frisa Eduardo.

    Ao reclamar da segurança, ele relata que já teve pessoas que invadiram sua casa e que a prefeitura “não forneceu nem os seguranças para ficarem na porta da gente”. 

    As reclamações não param por aí, segundo o site da Isto É. Ele diz que tem dificuldade para comprar uma casa na região, pois, segundo ele, os vendedores cobram mais quando descobrem que ele é o comprador. “A prefeitura nunca me auxiliou, prefeito nenhum nunca chegou e falou: ‘Olha, Eduardo, vamos arrumar uma casa top para você, vamos arrumar um preço mais bacana para você'”, reclama.

    Em seu ponto de vista, ele dá muita visibilidade para a região e isso potencializa o turismo. Sendo assim, o artista considera que a prefeitura deveria beneficiá-lo em retorno: “Eu preciso que as pessoas me auxiliem e eu tenho o maior prazer de ajudar a região de Furnas, de Escarpas [do Lago], mas eu preciso que essas pessoas me auxiliem”.


    O cantor acrescenta: “Se esse povo se unisse e dissesse: ‘Vamos comprar uma casa para o Eduardo aqui, vamos dar um negócio top aqui’, eles poderiam se juntar para me ajudar, mas ninguém quer fazer”, confessa.

    Eduardo termina fazendo uma confissão à funcionária pública: a prefeitura de Florianópolis já teria oferecido uma cobertura para ele se mudar de Minas Gerais. “Eu ganhei da prefeitura de Florianópolis, do prefeito e de uma construtora, uma cobertura de frente para o mar, só que eu vou ter que morar lá por quatro anos, frequentar lá, fazer os programas de televisão lá, porque eles querem turismo e eu posso levar isso para Escarpas [do Lago] também, só que eu preciso que me ajudem”.

    A resposta

    Eduardo Costa, por intermédio de sua assessoria de imprensa, esclarece o áudio que tem circulado na internet. O cantor já teve imóvel na região de Capitólio/MG e durante dez anos foi frequentador assíduo da represa de Furnas/MG, lugar que admira.

    Recentemente, porém, optou por investir numa propriedade rural no interior do Rio de Janeiro. Devido aos poucos dias de folga e por estar envolvido na criação de cavalos, Eduardo se afastou da região. Questionado sobre isso, falou do novo negócio.

    O cantor foi procurado por diversas vezes por investidores imobiliários para promover o empreendimento e foi esta referência que tentou fazer quando citou um imóvel no áudio. “Eu sou mineiro e amo minhas Minas Gerais e sempre irei expor este carinho. Confesso ter sido infeliz na colocação e não ter me expressado como deveria” diz ele. Eduardo ainda conclui: “Vivendo e aprendendo”.

    Fonte: NAOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS