Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 17 de maio de 2017

    Deputados aprovam por unanimidade a ampliação do programa bolsa-atleta

    Deputados Herculano Borges e Paulo Siufi, junto com o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda © Leonardo Rocha
    Os deputados aprovaram por unanimidade, o projeto que amplia o programa bolsa-atleta, em Mato Grosso do Sul. Com as mudanças, haverá benefício também para esportivas de alto rendimento, que já recebiam auxílio federal, além disto os técnicos começam a ser contemplados com ajuda de custo.

    A ideia de também conceder auxílio estadual, para os atletas de alto rendimento, que já tinham ajuda federal, surgiu depois que a judoca Laiane Colman, que estava nesta situação, entrou em contato com o deputado Márcio Fernandes (PMDB). Ele então fez duas indicações ao governo estadual, para que houvesse esta correção e mudança na lei estadual.

    Márcio explicou que caberia ao governo estadual, promover as mudanças por meio de um projeto de lei, o que foi feito na prática, pela atual gestão (veja o vídeo abaixo). Além disto, após discussão com o fórum de esporte, também se chegou a conclusão de que os técnicos, precisam de uma ajuda de custo, já que descobrem os talentos e fazem os treinamentos destes atletas.

    Com a aprovação, o diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Marcelo Miranda, disse que o próximo passo será a sanção da matéria e depois a abertura de novo edital de seleção.

    "Assim que for sancionada a lei, vamos abrir o processo de seleção para a escolha dos atletas que irão receber a bolsa, já dentro das alterações previstas. Com as mudanças, acredito que todas as vagas serão preenchidas", ponderou.

    Vagas - O programa vai oferecer 100 vagas para atletas de nível escolar, 50 bolsas para os nacionais, que são acima de 14 anos e já participam de eventos por todo País, além de 10 (vagas) para o bolsa-atleta pódio, no qual são os esportistas de alto rendimento, que já recebem apoio federal, mas terão também a ajuda estadual.

    Serão abertas mais 20 vagas para os técnicos, sendo 10 nível estudantil e mais 10 (treinadores de atletas de alto rendimento). Ao todo o investimento do governo será de R$ 1.350.000,00.

    Os atletas de nível escolar recebem R$ 350,00, já na categoria nacional R$ 800,00, mesmo valor para os atletas pódio (R$ 800,00). Os técnicos terão a bolsa na quantia de R$ 500,00.


    Fonte: campograndenews
    Por: Leonardo Rocha
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS