Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 17 de abril de 2017

    Vencedora do BBB 17, Emilly Araújo chega à delegacia onde presta depoimento

    Ex-BBB Emilly chega para depor sobre caso de agressão Foto: Antonio Scorza

    Enquanto a polícia aguardava a chegada da campeã do "BBB 17", Emilly, para prestar depoimento no caso que apura se ela sofreu violência doméstica da parte de Marcos Harter, os fãs do ex-casal faziam um protesto na porta da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, na manhã desta segunda-feira.

    Ex-BBB Emilly chega para depor sobre caso de agressão Foto: Antonio Scorza

    Emilly chegou poucos minutos depois das 10h, horário marcado para o depoimento, acompanhada da irmã gêmea, Mayla. Ela foi recebida aos gritos pelos fãs que a aguardavam na frente da delegacia:

    Fãs dos ex-BBBs Emilly e Marcos fazem protesto na porta da delegacia, no Rio Foto: Paulo Victor Mafrans

    Cerca de quinze pessoas foram prestar solidariedade à ex-BBB. Algumas carregando cartazes com frases de apoio como "Emilly, você não está só". Uma delas é a fotógrafa Stefania Freitas, de 38 anos, moradora de Bangu, na Zona Oeste. Fã do ex-casal, ela defende que Marcos não agrediu Emilly e acha que o caso tem tomado uma proporção exagerada.

    "Estou indignada com tudo o que está se falando. Acho que não foi uma agressão intencional. Foi uma discussão de casal e não foi uma coisa proposital. Não acho que deveriam meter a polícia no meio. Isso é uma coisa que eles conseguiriam resolver perfeitamente conversando", reclama.

    Fãs de Emilly fazem protesto na porta da delegacia Foto: Antonio Scorza
    Membro do fã-clube de Emilly, a funcionária pública Jacy Oliveira, de 68 anos, diz ser fanática pelo programa desde a primeira edição e achou uma injustiça a expulsão do Marcos do reality show.

    "Sou fã do 'BBB' desde o início, e achei uma sacanagem tirarem o Marcos para deixarem a Ieda e Vivian campeãs. Só que nós somos uma torcida, um exército. Ele não agrediu ela. Aquilo foi um momento, eles tinham acabado de beber. Aquilo não é caso de polícia. Acho que eles deveriam conversar. Agora, colocar a polícia no meio é um absurdo. Gosto dos dois, e acho que eles têm que conversar e ninguém deve se meter", diz ela, que mora em Niterói.

    RI 17/04/2017 A ex-BBB Emily, chega para depor na DEAM de Jacarepaguá Foto Antônio Scorza / Agência O Globo Foto: Fãs de Emilly fazem protesto na porta da delegacia / Antonio Scorza
    Emilly será ouvida no inquérito aberto na especializada que apura se o também ex-BBB Marcos Harter cometeu agressão contra ela, durante o reality show. A estudante será ouvida pela delegada-titular Viviane Costa Ferreira.


    Fonte: Extra
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS