Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 20 de abril de 2017

    Lula perde ação na Justiça e terá de pagar R$ 225 mil a Delcídio

    Antigos aliados, Lula e Delcídio foram partes de processo judicial, depois que o ex-senador delatou o ex-presidente © Reprodução/O Globo
    O ex-senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) ganhou ação judicial de R$ 225 mil do ex-aliado e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O juiz Mauricio Tini Garcia, da 2ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, proferiu sentença favorável a ele no processo movido por Lula, em função da citação do antigo aliado em delação ao STF (Supremo Tribunal Federal).

    De acordo com O Globo, Lula pedia R$ 1,5 milhão a Delcídio, afirmando que foi vítima de uma falsa acusação de obstrução à Justiça. Na delação, Delcídio havia afirmado que Lula lhe pediu para impedir Nestor Cerveró de fazer uma colaboração às investigações sobre o desvio de recursos da Petrobrás.

    O juiz condenou Lula a pagar os custos do processo e mais 15% do valor da ação - R$ 225 mil, para que Delcídio custeie os honorários advocatícios.

    Acusações 

    O ex-parlamentar sul-mato-grossense voltou a aparecer em citações de delatores da Odebrecht. De acordo com o delator Carlos José Fadigas de Souza Filho, que prestou depoimento em 15 de dezembro do ano passado, o ex-senador teria recebido R$ 500 mil da empreiteira, para aprovação do braço químico da empreiteira.

    O presidente da companhia na ocasião, Marcelo Odebrecht, definiu o incentivo de R$ 4 milhões para dividir entre os parlamentares.

    Esta é uma das três acusações contra Delcídio nas delações dos ex-executivos da Odebrecht, homologadas pelo Supremo Tribunal Federal.

    O ex-senador também teria recebido R$ 9 milhões para as campanhas de 2006, 2010 e 2014 e R$ 591 mil para a inclusão da Odebrecht em um PAC da Petrobras.


    Fonte: campograndenews
    Por: Lucas Junot
    Imprimir

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS