Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 28 de novembro de 2016

    Projeto Social promove campeonato com 28 polos de Judô na capital

    Divulgação

    Mais de 400 judocas do projeto Judô Nota Dez, viveram o clima de competição neste sábado (26), durante campeonato que aconteceu no tatame da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues. Participaram do evento os 28 polos existentes do projeto social na capital.

    Durante o campeonato, os senseis fizeram questão de ensinar a importância do espírito da competitividade, além do respeito com seus adversários, princípios norteados pela filosofia do judô.
    Divulgação

    Quem marcou presença no evento, foi o criador do projeto social Judô Nota Dez e faixa preta, deputado Marcio Fernandes (PMDB), que relembrou a época em que lutava e competia. “Comecei judô com 5 anos e devo muito do que sou a esta arte marcial, ver vocês aqui hoje me fez reviver minha adolescência, espero que o judô possa contribuir para vocês trilharem pelo caminho certo, assim como contribuiu nas minhas decisões”, conta o deputado.

    Evolução

    Com o objetivo de formar bons cidadãos, o projeto Judô Nota Dez foi criado em 2007, e atualmente atende mais de 5 mil crianças e adolescentes com aulas gratuitas de judô, em 54 polos de Mato Grosso do Sul.

    Projeto que já rendeu frutos, como é o caso de Valdeir Macedo Martins, que iniciou as aulas no projeto em 2007 como aluno, na Escola Estadual Doutor Plínio Barbosa Martins, e relata que ter conhecido o judô, foi um divisor de águas em sua vida. Tanto que escolheu a Educação Física como profissão, e a partir do ano que vem fará parte do quadro de professores do projeto Judô Nota Dez.

    “Posso dizer que o judô e o projeto são a base da minha vida, foram eles que me ensinaram a ter responsabilidades, respeito e disciplina. Tanto no tatame quanto no meu dia a dia, aprendi a cair para aprender a levantar”, explica Valdeir. 



    Fonte: ASSECOM
    Por: Wanessa Derzi


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS