Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 1 de novembro de 2016

    Marquinhos convida vereador tucano e comissão parlamentar para equipe de transição

    Membro da oposição, Lívio Viana foi selecionado para avaliar contas da prefeitura

    Foto: Geovanni Gomes

    Durante reunião com os 29 vereadores, o prefeito eleito Marquinhos Trad (PSD) pediu para que a Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara Municipal participasse da equipe de transição, que vai analisar as contas da prefeitura para a próxima gestão. O convite aconteceu nesta manhã de terça-feira (1), em Campo Grande.

    O encontro foi à portas fechadas e durou cerca de uma hora. Trad saiu sem oferecer muitos detalhes, apenas disse que foi tudo 'muito produtivo'. O presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), concordou que a reunião foi boa e ressaltou que Marquinhos levou uma mensagem harmônica onde o principal foco da discussão estava relacionado à peça do Orçamento.

    "É algo inédito e a Comissão terá um papel fundamental, que será analisar quais serão as melhores condições para os investimentos e também para acelerar onde será aplicada a LOA (Lei Orçamentária Anual)", disse o presidente da Casa de Leis.

    Rocha ainda destacou que todos os 29 vereadores participaram do encontro e ainda se manifestaram pedindo paz para os próximos anos. Além dos vereadores da Comissão de Orçamento, Marquinhos fez um pedido especial para incorporar à comissão, o vereador Lívio Viana (PSDB). Ao todo, oito parlamentares integram a equipe de transição do prefeito eleito, que contará ainda com Carlos Augusto, do PSB, e Otávio Trad, do PTB, da Comissão de Justiça.

    Orçamento

    O vereador Eduardo Romero (Rede), que é relator do orçamento, disse que o prefeito eleito pontuou o que ele quer que seja analisado, adiantando que avalie os planos de investimentos na educação, habitação e saúde, que são as áreas mais sensíveis para a população de Campo Grande. ''Esses três setores estão sendo priorizados'', comentou.

    Ainda segundo Romero, a peça orçamentária, neste momento, está dentro da Câmara recebendo as emendas e elas são para aplicar mais dinheiro na educação, saúde e habitação. Essas emendas devem ser entregues até o dia 9 deste mês, pois o relatório final deve ser entregue até o dia 30 e esse relatório tem até o dia 22 de dezembro para ser votado na Câmara.

    "Esse orçamento do próximo ano vai ser pequeno em relação ao ano de 2015. Ele apresentou um crescimento de 3,4% sendo de R$ 3,5 bilhões, para as necessidades de Campo Grande. O orçamento é apertado", adiantou Romero.

    Ainda conforme o relator do orçamento, Marquinhos Trad vai precisar complementar o orçamento, solicitando apoio a Bancada Federal, pois "sem esses recursos, setores como a infraestrutura ficarão comprometidos'', disparou.



    Fonte: TopMídia
    Por: Anna Gomes e Rodson Willyams
    Link original: http://www.topmidianews.com.br/politica/comissao-da-camara-vai-integrar-equipe-de-transicao-de-marquinhos/58087/


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS