Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 10 de novembro de 2016

    FÁTIMA DO SUL| Município poderá ter novas eleições

    O promotor concluiu que Ilda Machado cometeu crime de corrupção eleitoral e, por essa razão, o registro de sua candidatura poderá ser cassado


    Prefeita eleita de Fátima do Sul, Ilda Salgado Machado (PR)

    O promotor eleitoral da 4ª Zona, dr. Romão Ávila Milhan Júnior, concluiu, na tarde de segunda-feira (07), que a prefeita eleita de Fátima do Sul Ilda Salgado Machado, com a participação de Rodrigo Garib e Juliano Leite de Carvalho, cometeu crime de corrupção eleitoral e, por essa razão, o registro de sua candidatura e de seu vice, Altair Vieira Albuquerque, deve ser cassado, com a possível anulação dos votos obtidos na eleição, além de ser decretada sua inelegibilidade.

    O processo teve início no dia 22 de setembro deste ano, quando um eleitor gravou um vídeo, onde a então candidata Ilda Salgado Machado (PR), esposa do ex-deputado Londres Machado, tenta comprar votos. O que chamou a atenção na cena, é que Ilda carregava o dinheiro dentro do sutiã, o que faz recordar o caso de repercussão nacional do "dinheiro na cueca".

    Pela manifestação do Ministério Público, extrai-se que a prática da captação ilícita de sufrágio restou inequívoca. O promotor destacou, inclusive, as diversas contradições apresentadas pela defesa da prefeita eleita durante a instrução processual e ressaltou a veracidade e contundência das imagens captadas pelo eleitor no vídeo.

    Agora, o processo aguarda a apreciação e decisão da juíza da 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul, Rosângela Alves Fávero de Lima, que deverá divulgar a sentença nos próximos dias. Caso prevaleça o entendimento do Ministério Público, novas eleições deverão ser convocadas para o prazo de 20 a 40 dias.

    Eleições

    Ilda venceu as eleições na cidade com 51,67% dos votos, contra 48,33% de votos do atual prefeito Júnior Vasconcelos, ou seja por 6.882 a 6.438 votos.

    Histórico

    A cidade de Fátima do Sul, que fica na região sul do Estado, a 246 km de Campo Grande, tem uma população estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 19.200 pessoas. A sua principal atividade econômica é a área de serviços, para depois vir uma parcela da industria e setor agropecuário.

    A cidade surgiu depois que no início de 1950, colonos que ficaram concentrados na margem do Rio Dourados, aguardavam a criação de uma segunda zona da colônia federal. Este povoado recebeu o nome de Porto Ubatuba. Com o surgimento de estabelecimentos comerciais, o local foi chamado de Vila Brasil e depois Fátima do Sul.



    Fonte: O Progresso
    Link original: http://www.capitalnews.com.br/politica/prefeita-eleita-ilda-machado-de-fatima-do-sul-foi-cassada-pelo-tre-ms-por-compra-de-votos/297719


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS