Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 27 de outubro de 2016

    Homem heterossexual é agredido e chamado de 'viadinho' por usar camisa rosa

    Kent Morgan: agredido e chamado de 'viadinho' por usar camisa rosa
     Foto: Reprodução/Facebook

    Um rapaz de 32 anos foi atacado quando voltava do trabalho em direção a sua casa por dois homens por estar usando uma camisa rosa. O caso ocorreu na cidade de Blenhein, na Nova Zelândia, na última sexta-feira.

    Kent Morgan, que é heterossexual, voltava do pub onde trabalha quando foi abordado na rua pelos dois agressores, que começaram a disparar xingamentos homofóbicos como "viadinho da camisa cor de rosa". Morgan decidiu ignorar e continuar caminhando, mas não conseguiu escapar.

    "Preferi continuar andando, até porque não tinha o que ser dito. Os dois pareciam estar bêbados. Mas um deles virou pra mim e disse: 'Não me ignore!'. Continuei caminhando por cerca de 30 metros quando ouvi alguns passos se aproximando", relatou Kent ao "Daily Mail Australia".

    Pai de um menino, o homem contou que lutou contra os dois agressores, mas sofreu ferimentos leves na cabeça. "Um dos caras veio pela frente e eu bati nele algumas vezes, então o outro me agarrou por trás. Eu o segurei pelas orelhas e mordi uma de suas bochechas. Eles depois correram, mas ainda assim gritando e me xingando", relembra Kent, que afirma não gostar de briga, mas "sabe cuidar de si mesmo".

    Após a briga, o neozelandês foi a um hospital para cuidar de seus ferimentos, onde prometeu à esposa que nunca mais voltaria a pé do trabalho para sua casa. "Tenho vários amigos gays e não tenho o menor preconceito. A postura destes caras é claramente uma chaga. Talvez a camisa rosa seja apenas uma desculpa para agredir alguém. Só sei que, apesar de ter precisado jogar a camisa fora, vou continuar usando rosa, é minha cor favorita", comentou o barman ao "Daily Mail".




    Fonte: Extra
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS