Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 13 de outubro de 2016

    Apesar de cota, mulheres são apenas 13% dos vereadores eleitos em todo MS

    Mulheres estão fora de 15 câmaras municipais em todo Estado

    Divulgação

    No primeiro turno das eleições municipais, no dia 2 de outubro, os eleitores sul mato-grossenses elegeram 108 vereadoras para ocuparem cadeiras nas câmaras dos 79 municípios do Estado. O número representa apenas 13,1% dos 823 vereadores eleitos em todas as cidades de Mato Grosso do Sul.

    Em todo o Estado, 15 municípios não elegeram sequer uma mulher para legislar pelos próximos quatro anos. Outras 32 Câmaras dos municípios de Mato Grosso do Sul terão apenas uma representante do gênero feminino em suas cadeiras.

    É o caso de Dourados, segundo maior município do Estado, que em 2012 tinha eleito duas mulheres para o cargo de vereadoras, e em 2016, com a eleição de Délia Razuk para a Prefeitura, elegeu apenas uma mulher para o legislativo.

    A Capital do Estado, Campo Grande, também elegeu uma mulher a menos este ano em comparação a 2012: de três vereadoras eleitas nas últimas eleições, o número caiu para duas em 2016.

    Cota de Gênero

    Durante todo o período que antecedeu as eleições, o MPE-MS (Ministério Público Estadual) emitiu recomendações para que os diretórios municipais de partidos políticos respeitassem o mínimo exigido pela legislação eleitoral de 30% de candidaturas femininas nas listas de candidatos a vereadores, sob pena de eliminação da lista de todos os vereadores candidatos do partido. 

    O maior índice de representatividade do gênero feminino foi registrado em Coronel Sapucaia, município a 389 quilômetros ao sul de Campo Grande. Das nove vagas da Câmara local, cinco serão ocupadas por mulheres e quatro por homens. A cidade, na fronteira com o Paraguai, foi a única em todo o Estado a eleger mais mulheres do que homens para o cargo de vereador.

    Apesar dos baixos índices de proporcionalidade entre mulheres e homens eleitos em todo o Estado, dez municípios tiveram vereadoras como as candidatas mais votadas em suas eleições municipais para vereança. Foram eles: Água Clara, Amambaí, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Costa Rica, Figueirão, Iguatemi, Ivinhema, Nova Alvorada do Sul e Porto Murtinho.



    Fonte: Midiamax
    por: Joaquim Padilha (Sob supervisão de Ludyney Moura)

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS