Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 12 de setembro de 2016

    Polícia investiga área que seria usada para desova de animais domésticos

    Cadela que estava com filhote entalado não resistiu e acabou morrendo após ter sido abandonada. (Foto: Reprodução Facebook)

    Desde domingo (11), circulam nas redes sociais fotos e vídeos de cães mortos ou agonizando em um terreno que seria ponto de desova, numa região de chácaras no bairro José Abrão. Nenhum boletim de ocorrência foi feito até o momento, segundo a Policia Civil, mas a Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) informa que já investiga o caso.

    “As pessoas infelizmente ainda acham que Facebook ou WhatsApp é palco para fazer a denúncia, quando o certo é ir primeiramente à delegacia”, orienta a delegada-titular da Decat, Rosely Molina.

    De acordo com a delegada, o local passou a ser investigado nesta segunda-feira (12), depois de uma denúncia anônima feita por telefone. Mesmo em fase inicial, a polícia trabalha com duas hipóteses de crime.

    “Trabalhamos inicialmente com as hipóteses de crime por maus tratos e descarte de animais no meio ambiente, o que não só polui como também representa um risco à população. Mas só durante as investigações que vamos traçar a eventual pena, caso os criminosos sejam identificados”, conta a delegada.

    A polícia também deve colher depoimentos de moradores da vizinhança, com intenção de encontrar os autores do descarte de animais. Se confirmados os crimes, as penas podem variar de multa a até prisão de 1 até 5 anos.

    O local 

    O terreno fica fica próximo a uma estrada de chão na direção de um pesqueiro, na saída para Rochedo no bairro José Abrão. Dos animais encontrados no local, somente um cachorro boxer que estava agonizando dentro de um saco foi resgatado e encaminhando para um petshop da cidade.

    Mas uma cadela também morreu entalado com um filhote no terreno e filhotes de gato foram encontrados dentro de uma caixa de papelão. Até galo já foi encontrado morto na área, conforme relatos de protetores de animais no Facebook.



    Fonte: campograndenews
    por: Adriano Fernandes
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/policia-investiga-area-que-seria-usada-para-desova-de-animais-domesticos

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS