Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 2 de setembro de 2016

    Encontro de Negócios do Sistema S reúne empresários em Corumbá

    Divulgação

    Empresários industriais, micro e pequenos empreendedores e contabilistas de Corumbá (MS) participaram, nesta quinta-feira (01/09), do Encontro de Negócios do Sistema S, promovido para apresentar os serviços oferecidos pelo Sesi, Senai, IEL, CIN e Sebrae/MS. Realizado na unidade do Sesi de Corumbá, o evento serviu para detalhar, um pouco mais, sobre Gestão em SST (Segurança e Saúde no Trabalho) para as micro, pequenas, médias e grandes empresas, bem como outras soluções disponíveis para o setor produtivo corumbaense.

    Segundo o superintendente do Sesi, Bergson Amarilha, o objetivo do encontro foi alcançado. “A ideia era proporcionar troca de experiências entre as entidades e os microempresários e assim empreender e inovar. O Sesi tem que ser referência na área da educação em Mato Grosso do Sul”, concluiu.
    Divulgação

    Para o presidente do Siaco (Sindicato das Indústrias da Alimentação de Corumbá), Marismar Soares, o evento serviu para conhecer um pouco mais dos serviços do Sistema S para as empresas da região. “O Sebrae/MS, por exemplo, detalhou aos empresários industriais as novas estratégias do mercado de trabalho”, pontuou.

    Já a gerente-regional da região oeste do Sebrae/MS, Vanessa Gouveia Leite, reforçou que o evento foi útil para mostrar os serviços que a entidade disponibiliza para o setor empresarial do município. “O Sebrae trabalha com capacitação para os participantes. Aproveitamos para mostrar exemplos do que temos feito no Estado e, assim, mostrar soluções de problemas aos empresários”, afirmou.

    Após as apresentações, os empresários participaram da mesa de negócios com equipes técnicas que tiraram todas as dúvidas dos participantes. O Senai mostrou os serviços de educação profissional, educação superior e educação a distância, enquanto o CIN (Centro Internacional de Negócios) da Fiems apresentou o acesso ao mercado internacional por meio dos serviços de apoio à internacionalização das empresas.




    Fonte: ASSECOM
    Por: Daniel Pedra

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS