Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 23 de setembro de 2016

    DOURADOS| Greve dificulta saque do FGTS e seguro-desemprego

    Problema é maior para quem não tem cartão cidadão. Casa do Trabalhador em Dourados dá entrada a pelo menos 50 pedidos de seguro-desemprego por dia

    Sem perspectiva de contraproposta, agências devem continuar fechadas na próxima semana. (Foto: Marcos Ribeiro)

    A greve dos bancários chega hoje ao 18º dia e continua a atingir 100% das agências em Dourados e grande parte da região. Apesar dos bancos oferecerem atendimento eletrônico para quase todos os tipos de transações, quem tem dinheiro para sacar do FGTS e do seguro-desemprego encontra dificuldade nas instituições públicas. Aqueles que não têm conta na Caixa sofrem mais.

    Por dia, a Casa do Trabalhador em Dourados dá entrada a pelo menos 50 pedidos de seguro-desemprego. O número chega a ser maior porque este é o atendimento mínimo diário, já que a instituição também oferece outros serviços como a colocação de trabalhadores no mercado de trabalho. "O seguro-desemprego é atendido de forma agendada, mas havendo vaga e a pessoa estando em nossa agência, consegue dar entrada no benefício", explica Eudulia Medeiros, coordenadora da Casa do Trabalhador.

    O auxiliar de serviços gerais Pedro Marques, 19 anos, foi demitido na semana que os bancários entraram em greve. Ele não tem conta na Caixa e nem o cartão cidadão e por isso não conseguiu fazer saque, mas deu entrada no benefício. "Fiz o pedido do cartão cidadão semana retrasada por telefone e até agora não chegou. Aguardo com expectativa para poder receber", disse ele.

    Diferentemente de Pedro, quem dispõe de conta na Caixa tem o valor do seguro-desemprego depositado diretamente, a partir do momento que dá entrada no benefício. Aqueles que não possuem conta mas têm o cartão do cidadão podem sacar o benefício nas casas lotéricas.

    Já o FGTS só pode ser recebido nas loterias por portadores do cartão do cidadão se o valor for de até R$ 1.500 e em apenas um saque, ou seja, não é permitido fazer novo saque do FGTS, caso o valor seja maior. Acima disso, somente em uma agência da Caixa.

    Quem não tem cartão cidadão pode solicitar pelo telefone 0800-726-0207. O prazo de entrega é de até 30 dias. Nossa equipe esteve ontem em agências da Caixa em Dourados e constatou que, embora não houvesse atendimento interno aos clientes, um funcionário estava nos caixas eletrônicos à disposição de quem precisasse de alguma ajuda. Em alguns casos, o funcionário tentava intermediar o atendimento junto à gerência. Por outro lado, metade dos caixas eletrônicos tinha um bilhete informando que não estava disponível para depósito.

    No Banco do Brasil havia três atendentes para ajudar quem precisasse de alguma solicitação e todos os caixas eletrônicos funcionavam normalmente, tanto para saque como para depósito. O atendimento também era intermediado com a gerência, quando necessário.

    O presidente do Sindicato dos Bancários de Dourados e região, Ronaldo Ramos, diz que por lei todos os bancos públicos ou privados mantêm uma cota de 30% dos funcionários trabalhando, conforme lei. Segundo ele, não há previsão dos banqueiros apresentarem algum tipo de contraproposta hoje e a greve pode continuar na semana que vem.





    Fonte: OProgresso
    Por: Flávio Verão

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS