Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sábado, 9 de julho de 2016

    Com Bruninho cada vez mais curioso, mãe de Eliza evita entrevistas

    Todas as vezes que o caso é relembrado, filho do ex-goleiro Bruno com a modelo Eliza Samúdio vê imagens na TV e pergunta para avó

    Bruninho em seu aniversário de 1 ano, em 2011. (Foto: Ângela Kempfer)

    Com 6 anos de idade, Bruninho, filho do ex-goleiro Bruno com a modelo Eliza Samúdio, está na fase de perguntar mais sobre os pais e o que houve com eles. Para evitar muita exposição e que o neto saiba de tudo antes do esperado, Sônia Moura, mãe de Eliza, tenta evitar que ele assista muita televisão, dispensa dar entrevistas e realiza um acompanhamento psicológico com ele.

    Com o assassinato de Eliza Samúdio voltando à tona nesta semana após as declarações de Rodrigo Fernandes, irmão do goleiro Bruno, que afirmou ter visto o crime e ter conhecimento de onde os restos mortais dela foram escondidos, a mãe de Eliza voltou a ser o centro das atenção e ter o telefone tocando a todo momento para novas entrevistas e depoimentos sobre as novidades do caso.

    Segundo a advogada de Sônia, Maria Lúcia Borges Gomes, por conta da idade, Bruninho começa a reparar nas entrevistas e nas aparições da avó na TV. “Sempre que há novidades no caso, fazem novas matérias e a imagem da Eliza e da avó sempre aparecem na TV e ele volta a perguntar”, comenta.

    Outra situação complicada de se explicar ao filho de Eliza é quando amigos da escola perguntam. “Ele sabe que a mãe morreu, que o pai é o Bruno, mas não sabe que é o goleiro Bruno. Muito menos que foi ele que matou a mãe. Mas os amiguinhos sabem e perguntam. Ai ele vai na avó e quer saber mais. Por isso a Sônia tenta evitar que ele assista muita televisão. As atividades que envolvem pais na escola também são complicadas e revivem a lembrança do Bruninho”, completou a advogada.

    Para trabalhar melhor o psicológico e tentar ir contando as coisas aos poucos, Sônia faz um acompanhamento de Bruninho com psicólogos.

    Revelações 

    Nesta semana, o irmão do goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes prestou depoimento à Polícia Civil do Piauí, onde está preso suspeito de estupro. No caso, Rodrigo afirmou ter visto a morte de Eliza e onde os restos mortais dela foram escondidos, mas se negou a dar mais detalhes com medo. Ele disse que falaria mais somente após ser incluído no programa de proteção à testemunha.

    Além disso, Rodrigo disse que as facções criminosas Comando Vermelho, do Rio de Janeiro, e PCM (Primeiro Comando do Maranhão) tiveram participação no crime.



    Fonte: campograndenews
    Por: Leandro Abreu
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/com-bruninho-cada-vez-mais-curioso-mae-de-eliza-evita-entrevistas

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS