Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/02/2019

    Na Câmara, partidos fecham formação de 3 blocos para cargos na Mesa

    ©ILUSTRAÇÃO/ARQUIVO
    Os partidos que compõem a nova legislatura da Câmara dos deputados fecharam no período da tarde desta sexta-feira, 1º de fevereiro, a formação de três blocos parlamentares para a distribuição de cargos na Mesa Diretora. Dois partidos, Novo e PTC, ficaram avulsos. Essas legendas têm, respectivamente, 8 e 2 eleitos.

    A novidade foi o desmembramento do blocão costurado por Rodrigo Maia (DEM-RJ), formado na busca de apoios para a sua reeleição.

    A maior divisão, encabeçada pelo PSL, de Jair Bolsonaro, ficou ainda com PP, PSD, MDB, PR, PRB, DEM, PSDB, PTB, PSC E PMN, com 301 parlamentares.

    A subdivisão, chamada pela oposição de "puxadinho do Maia", tem PDT, PODE, SD, PCdoB, Patri, PPS, PROS, Avante, PV e DC, com 105 deputados. Essa ruptura teria sido feita porque o PDT e PCdoB não aceitaram estar no mesmo grupo com PSL.

    Esses dois blocos vão ficar com todas as titularidades da Mesa e duas suplências.

    E, por fim, o bloco da oposição foi formado por PT, PSB, PSOL e Rede, com 98 deputados. Essa composição terá duas suplência na Mesa.


    Fonte: Estadão Conteúdo
    Por: Camila Turtelli


    Imprimir