Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    11/12/2018

    TRÊS LAGOAS| Saúde do município intensifica bloqueio químico contra o Aedes nos bairros

    Borrifação vem sendo feita, como medida emergencial de contenção do ciclo de proliferação do vetor da dengue

    ©ILUSTRAÇÃO
    Moradores dos bairros São Carlos, Interlagos, Vila Haro, Paranapungá, Santa Terezinha, Esplanada NOB, Santa Rita, Samambaia, Jardim Rodrigues, Vila Nova, Vila Alegre, Santo André, Guanabara, Vila Maria, Planalto, Violetas e adjacências devem estar atentos à aplicação do bloqueio químico, a borrifação com o popular “fumacê”, que vem sendo aplicado pelas equipes do Setor de Endemias e Controle de Vetores da Vigilância em Saúde e Saneamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas.

    Esta ação, com a finalidade de bloquear o ciclo de proliferação do Aedes aegypti, vetor transmissor da dengue e outras doenças, vem sendo intensificada, de maneia emergencial, nos bairros citados e adjacências, desde sexta-feira (07) e deverá continuar no decorrer desta semana, seguindo os procedimentos e recomendações contidas nas Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue do Ministério da Saúde.
    ©ILUSTRAÇÃO
    As viaturas com as bombas de borrifação estão passando pelas ruas desses bairros citados, no período da manhã, nos horários das 5h às 8h, e no período da tarde, das 18h às 22h.

    “Seguindo as Diretrizes do Ministério da Saúde para esta ação específica, o fumacê vem sendo aplicado em cinco ciclos, com intervalos de três dias, nos mesmos horários, para obtermos mais resultados na eliminação do mosquito Aedes aegypti”, explicou o coordenador de Endemias e Controle de Vetores da SMS, Alcides Divino Ferreira.

    O coordenador voltou a recomendar que as pessoas abram as portas e janelas de suas casas “para que nosso trabalho obtenha resultados e elimine as fêmeas dos mosquitos adultos, que costumam entrar nas residências nesses horários”, orientou. “Se as portas e janelas das casas estiverem fechadas, não teremos os resultados esperados e o nosso trabalho passa a ser praticamente em vão”, observou. 

    ORIENTAÇÕES IMPORTANTES

    O produto, usado pela Vigilância em Saúde e Saneamento da SMS de Três Lagoas, seguindo as normas do Ministério da Saúde, não oferece perigo às pessoas, mas é necessário seguir orientações importantes para a obtenção de melhores resultados na eliminação dos mosquitos e também para evitar algum eventual dano às famílias ou a animais de estimação.

    É importante cobrir todos os alimentos e não deixá-los expostos, pelo menos durante a borrifação, até uma hora e meia depois. Cobrir também gaiolas de passarinhos de estimação e aquários de peixes ornamentais.

    No entanto, se a pessoa “apresentar qualquer tipo de reação alérgica ao produto deve procurar imediatamente o médico”, recomenda o coordenador Alcides.

    ASSECOM



    Imprimir