Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/12/2018

    Corpo do empresário Ueze Elias Zahran será cremado em São Paulo

    Dono da Copagaz e da Rede Mato-grossense de Comunicação morreu na tarde de quinta-feira

    Empresário Ueze Zahran foi pioneiro na comunicação em MS (Foto: Arquivo)
    O velório do empresário Ueze Elias Zahran será realizado a partir das 9h desta sexta-feira, no hospital Albert Einstein, em São Paulo e o corpo será cremado no início da tarde. O empresário morreu na tarde de quinta-feira, em São Paulo.

    Filho de imigrantes libaneses, dona Laila e seu Elias Zahran que chegaram por aqui ainda nos 20 o primeiro negócio da família foi um bar. Mas só depois de constituirem uma padaria que o empresário, ainda adolescente, começou a dar seus primeiros passos no ofício.

    Ao lado da esposa, de representante e distribuidor do produto, ele fundou o Grupo Zahran e criou a marca Copagaz. Uma das maiores do setor. Logo que criou a empresa, recebeu a concessão para trabalhar em São Paulo e Mato Grosso, e com o tempo expandiu a atuação.

    Dez anos depois, do gás Zahran se arriscou na televisão, criando a Rede Matogrossense de Comunicação, a TV Morena, afiliada da Rede Globo. Em 1998, criou a Fundação Ueze Elias Zahran, uma instituição sem fins lucrativos, para exercer ações complementares ao Poder Público, promovendo e apoiando projetos educativos, culturais, ambientais entre outros, com objetivo de minimizar as desigualdades sociais.

    Homenagens 

    Em 2012 sua trajetória de vida foi samba enredo da escola de samba Igrejinha. Três anos depois, o empresário também recebeu o título de guardião de desenvolvimento do milênio, que foi entregue pela representante da ONU (Organização das Nações Unidas). Ele era o segundo de seis irmãos: Eduardo, Ueze, Jorge, João, Nagib e a única irmã, Jeannette.

    Fonte: campograndenews
    Por: Silvia Frias



    Imprimir