Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/11/2018

    Sebrae premia professores que implementaram empreendedorismo no ensino

    A instituição reconheceu profissionais dos ensinos fundamental, médio e superior de Mato Grosso do Sul

    ©DIVULGAÇÃO
    Na última sexta-feira (23), o Sebrae/MS realizou, no auditório do Living Lab em Campo Grande, a cerimônia de premiação da primeira edição do Desafio Professor Empreendedor MS, durante o talk “Professor Empreendedor”, momento em que docentes trocaram práticas e experiências sobre Educação Empreendedora nas escolas e universidades.

    O Sebrae premiou os aqueles que disseminaram o empreendedorismo em instituições de ensino em MS, com o objetivo de estimular a participação dos educadores e escolas como sujeitos ativos na construção de uma cultura empreendedora no estado, reconhecendo o papel dos professores como agentes fundamentais no processo formativo das novas gerações.

    A ganhadora da categoria “Ensino Fundamental”, Patrícia Moisés, da Escola Reino do Saber de Coxim, afirma que a valorização do professor e a aplicação do empreendedorismo se faz necessária para a contribuição na formação das crianças. “A aplicação logo no Ensino Fundamental é importante por também formar o caráter já nos primeiros anos de ensino, trabalhando a interdisciplinaridade e desenvolvendo diversas áreas do conhecimento”, diz.

    Pedro Ladeia, da Escola Estadual Padre João Greiner em Campo Grande, que recebeu a premiação na categoria “Ensino Médio”, destaca que a capacidade de transformar a realidade em que os jovens estão situados é um dos principais fatores do ensino desta disciplina nas escolas. “O desenvolvimento de estratégias para problemas vivenciados pelos alunos, dentro e fora da área empresarial, é fundamental para o pensamento de soluções na vida pessoal e profissional. O empreendedor é aquele que não fica em sua zona de conforto e sempre está em busca de instigar os outros a serem melhores, a serem líderes”.

    Vencedor da categoria “Ensino Superior”, o professor da universidade Unigran Capital, Djanires Neto, ressalta a importância da parceria com o Sebrae na implementação desta prática educacional. “Isto alavanca o acadêmico enquanto profissional e potencializa o estado na visão mercadológica. Acreditamos que com o Sebrae, as ações ganharão maiores propulsões e isso transforma a realidade dos alunos, da instituição e da comunidade”, declara.

    Sobre o Desafio

    O Desafio Professor Empreendedor MS tem como objetivo de reconhecer o trabalho dos professores das redes públicas e privadas, que contribuam de forma relevante para a disseminação da educação empreendedora nas instituições de ensino de educação básica, profissional e superior, por meio do desenvolvimento de experiências pedagógicas na área de empreendedorismo com base no Programa Educação Empreendedora de titularidade do Sebrae.

    Segundo Patricia Pereira, técnica do Sebrae/MS e gestora do programa Educação Empreendedora, para desenvolver o empreendedorismo no Brasil de forma efetiva é necessário uma mudança cultural e as instituições de ensino são fundamentais no processo. “Acreditamos que a cultura empreendedora requer que o conhecimento esteja na base. O professor é o agente impulsionador e ações como essa aproximam as mentes pensantes no tema para conhecer casos de sucesso e trocar experiências”, afirma.

    ASSECOM/SEBRAE


    Imprimir