Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    30/11/2018

    Equipe do Gaeco faz buscas na casa de diretor do Hospital Regional

    São no total 17 mandados – 3 de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão – em ação contra fraudes em licitações do HR (Hospital Regional) de Campo Grande

    Equipe deixando casa no Carandá Bosque, onde mora o diretor do Hospital Regional de Campo Grande ©Geisy Garnes
    Com apoio do Batalhão de Choque da PM (Polícia Militar), o Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) dez buscas na casa do diretor-presidente do Hospital Regional, Justiniano Vavas.

    Um promotor e pelo menos cinco policiais deixaram a residência por volta das 8h. A equipe deixou o local sem falar nada.

    A busca faz parte da Operação Reagente. São no total 17 mandados – 3 de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão – em ação contra fraudes em licitações do HR (Hospital Regional) de Campo Grande.

    A Operação Reagente, segundo divulgou o Gaeco, mira organização criminosa responsável pelo esquema envolvendo equipamentos médicos.

    Fonte: campograndenews
    Por: Anahi Zurutuza e Geisy Garnes



    Imprimir