Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    29/11/2018

    Casa de advogada executada na fronteira é saqueada em Ponta Porã

    Invasores levaram um aparelho DVR com imagens de câmeras de segurança

    ©poranews
    A casa da advogada Laura Casuso, de 54 anos, executada a tiros por pistoleiro na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, foi revirada e furtada nesta quinta-feira (29) em Ponta Porã, cidade a 314 quilômetros de Campo Grande.

    Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil foram acionados, com a informação de invasão de uma residência. No local foi constatado que a casa havia sido arrombada e que a proprietária era a advogada Laura Casuso.
    advogada Laura Casuso ©ARQUIVO
    A casa foi encontrada totalmente revirada pelos investigadores. Os invasores furtaram um aparelho DVR com imagens de câmeras de segurança. Não foi possível saber quais outros objetos furtados, já que não havia ninguém no local.

    De acordo com o site Porã News, após a descoberta da residência de propriedade da advogada, a Polícia Civil montou equipes de vigilância nas proximidades e procura por familiares da vítima.

    Fonte: Midiamax
    Por: Diego Alves



    Imprimir