Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/10/2018

    FIGUEIRÃO| Município segue como exemplo na região Norte na execução do seu orçamento financeiro com eficiência

    O prefeito Rogério Rosalin é um administrador por excelência, e tudo em que toca ele organiza, depois de planejar com muito cuidado

    Prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin ©Divulgação
    Em um momento em que a maioria das prefeituras do estado passam por grandes dificuldades financeiras, algumas inclusive não conseguindo nem pagar seus funcionários, a gestão implantada pelo prefeito Rogério Rosalin juntamente com seu vice Fernando Barbosa e a Secretária de Gestão Karina Santos, de Figueirão, ganha notoriedade pela firmeza com que conduz as verbas públicas e consegue manter o pagamento de funcionários e de fornecedores absolutamente em dia.

    Enquanto isso, municípios na região Norte, com arrecadação muito mais forte, estão sofrendo por falta de verbas, como é o que se vê na mídia sobre os municípios de Camapuã e Coxim, sendo que Coxim, os seus servidores estão em greve por falta de pagamento, e os fornecedores ameaçam processar o município.

    Em Figueirão a situação é exatamente o contrário. O prefeito Rogério Rosalin é um administrador por excelência, e tudo em que toca ele organiza, depois de planejar com muito cuidado. Tem administrado a prefeitura como se fosse uma empresa, fugindo daquelas tradicionais administrações políticas, que acabam emperrando os serviços e não atendendo a população satisfatoriamente.

    Munic, que tem uma das menores arrecadações do estado em torno de R$ 1.500.000,00 mensal, tem conseguido se manter dentro do patamar de excelência em relação a atividades financeiras, e vem executando várias ações com recursos próprios, graças à seriedade e firmeza com que é tratada a gestão financeira do município.

    O prefeito Rogério implantou um sistema de organização, que antes de qualquer ação, realiza um criterioso planejamento de toda e qualquer atividade que demande custo para a prefeitura, de forma a sempre poder saldar seus compromissos com o dinheiro reservado em caixa.
    Secretária de Gestão Karina Santos ©Divulgação
    Sempre compromissado com a coisa pública, o prefeito Rogério procura “fazer mais com menos”, como recentemente com a festa de aniversário de 15 anos da cidade, em que a prefeitura gastou apenas 30 mil reais com o Rodeio, tendo realizado uma programação de 4 noites, com rodeio, baile carapé, bailes noturnos, shows, missa campal e almoço a vontade no ultimo dia de festa para toda a população e entre outras atividades esportivas que foram realizadas durante a programação das festividades dos 15 anos.

    Na contramão da crise que envolve a grande maioria dos municípios brasileiros, mesmo com a menor arrecadação do Estado, o município de Figueirão honra todos os seus compromissos financeiros, pagando seus fornecedores e funcionários em dia e todas as obras que estavam emperradas ou paradas ele conseguiu destravar e muitas já foram concluídas ou estão em execução, com a contrapartida dos recursos próprios garantido.

    No caso do 13º salário, em Figueirão esse pagamento é escalonado de acordo com a data de aniversário de cada funcionário, justamente para desafogar a folha de dezembro, sendo Figueirão o único município que tem essa forma de pagamento desse abono, chegando agora no final do ano com mais de 50% do 13º já executado.

    Com administração moderna, transparente e inovadora, Figueirão vem se destacando por sua gestão a nível regional e nacional, tendo obtido ótimos índices de aproveitamento nas recentes pesquisas realizadas no município, exemplo é um Portal de Transparência inovador e de fácil leitura a qualquer cidadão do município aonde é especificado detalhadamente as receitas e despesas mensalmente sem deixar dúvidas aos atos praticados por essa gestão.

    Em Figueirão, o prefeito e vice-prefeito já fazem reunião com secretários solicitando planejamento orçamentário para encerramento do ano no exercício de 2018, quando são feitas todas as recomendações e o planejamento que será seguido para que a prefeitura feche o orçamento de todas as secretarias.

    A ideia é que se consiga ter um fechamento organizado e principalmente com as contas com saldo positivo, que é uma das recomendações de grande preocupação do prefeito e do vice-prefeito, juntamente com o planejamento, que é sempre muito cobrado pela atual gestão.

    “A receita para o sucesso é uma equipe muito bem sincronizada e motivada, com os objetivos muito bem claros, a saúde financeira da instituição prefeitura é vital para qualquer ação da mesma junto à população, partindo desse principio conseguimos alcançar todos os objetivos por nos planejados”, fala o prefeito Rogério.

    FONTE: ASSESSORIA
    POR: MS TODO DIA 


    Imprimir