Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/06/2018

    Vizinhos tiram foto e homem é preso por estuprar menina de 8 anos

    Em Miranda, a vítima passou por exame e um laudo constatou várias lesões na criança

    Uma das fotos enviadas à Polícia Civil ©Divulgação
    Um homem de 60 anos foi preso por estupro de uma menina de 8 anos, em Aquidauana, a 135 km de Campo Grande. Conforme a denúncia, ainda, há suspeita de que outro vizinho e o enteado da mãe vítima também cometiam os abusos. A vítima passou por exame de corpo de delito e laudos comprovaram o crime.

    O caso é atendido pelo Conselho Tutelar, Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e Delegacia de Atendimento a Mulher, que também atende casos envolvendo idosos, crianças e adolescentes, em Aquidauana.

    Conselho Tutelar recebeu denúncia anônima de que um morador do Jardim Aeroporto estaria estuprando uma menina, de apenas 8 anos, e que a garota também seria vítima de outro vizinho e do enteado de sua mãe. Moradores indignados com a situação registraram os crimes com fotos e vídeos e entregaram aos órgãos.

    Segundo o JNE, as conselheiras tutelares Raquel Reis, Sandra Lopes e a assistente social Elieli Maidana, levaram mãe e filha para serem ouvidas. Com um trabalho especializado para crianças, a menina revelou o nome dos supostos abusadores.

    Um boletim de ocorrência foi registrado e uma Guia de Exame de Corpo de Delito emitida. Em Miranda, a vítima passou por exame e um laudo constatou várias lesões na criança.

    Equipe do NRI (Núcleo Regional de Inteligência) da Polícia Civil de Aquidauana localizou os suspeitos e os encaminhou para a Delegacia Especializada. O homem de 60 anos confessou o crime, mas o outro suspeito negou o estupro, dizendo apenas que presenteou a menina uma vez com uma quantia em dinheiro. Já o enteado da mãe da vítima não foi localizado.

    “A denúncia revelou que há tempos essa criança era abusada sexualmente, mas nesta quinta o suspeito praticou novamente o crime sexual. Diante dessa denúncia, foram realizadas diversas diligências, oitivas, relatos de testemunhas e dentre elas a busca de prova pericial, que comprovasse o abuso, que foi positivo, somada a confissão do autor, foi lavrado o auto de flagrante e ele está preso”, disse a delegada titular Marilda do Carmo Rodrigues.

    A criança é assistida pelo Conselho Tutelar e pelo Creas em uma unidade de acolhimento no município e as investigações continuam.

    Fonte: campograndenews
    Por: Danielle Valentim


    Imprimir