Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    29/06/2018

    DOURADOS| Recursos garantidos por Marçal levam asfalto a bairros da cidade

    Vereador comemora asfalto em parte do Altos do Indaiá e Primaveras ©Divulgação 
    Verbas garantidas por Marçal Filho quando deputado federal estão sendo destinadas a asfaltar parte dos bairros Altos do Indaiá e Jardim das Primaveras, em Dourados. O recurso no valor de R$ 2,5 milhões foi assegurado pela primeira vez em 2011, mas por falta de projeto de execução de malha asfáltica, na época, por parte da administração municipal, o dinheiro voltou aos cofres públicos federais. Marçal conseguiu recuperar e agora os moradores finalmente vão ter ruas pavimentadas.

    Atualmente vereador, Marçal Filho comemora a chegada das obras que deveriam ter sido iniciadas há pelo menos seis anos. "Antes tarde do que nunca", disse ele durante gravação de vídeo pelo Facebook nesta quinta-feira (28). 

    Marçal costuma registrar ao vivo pela rede social algumas de suas visitas que faz pelos bairros da cidade. Ele esteve na rua Joaquim Azambuja, uma das principais do Altos do Indaiá. Projetada para ser uma via dupla, apenas uma parte da pista vinha sendo utilizada pelos moradores. A outra havia sido tomada pelo matagal.

    A situação começou a mudar. A avenida foi patrolada e recebeu demarcações com estacas para anunciar a chegada do asfalto. Outras ruas do Altos do Indaiá e do vizinho Jardim das Primaveras começaram a ter o mesmo atendimento. 
    ©Divulgação
    A rua Joaquim Azambuja dá acesso ao Hospital Universitário de Dourados. O asfalto, conforme lembra Marçal, beneficiará os moradores do bairro e inúmeros trabalhadores e estudantes que fazem estágio no HU, além de pacientes de Dourados e da região que dependem da unidade hospitalar. 

    A muito tempo Marçal Filho vinha cobrando o início do asfalto naquela região. Embora não esteja mais na Câmara dos Deputados, nunca deixou de lutar pela garantia dos recursos assegurados e que impedia o asfalto sair do papel por inércia da Prefeitura. Agora, ele espera que o exemplo aconteça com outros bairros. 

    Marçal também foi autor de recursos junto ao Governo Federal para asfaltar ruas do Jardim Nova Esperança. Pouco mais de R$ 1 milhão foi depositado pela Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), em novembro de 2015, na conta da prefeitura, que deveria ter feito projeto básico da pavimentação. 

    Outro bairro que Marçal também destinou recursos para asfalto e que a prefeitura não executou projeto foi o Guaicurus. Quando a verba é destinada e a administração municipal não demonstra interesse ou demora para apresentar projeto, o dinheiro volta para o Governo Federal.

    Para Marçal, a perda de recurso representa frustração a toda sociedade. Todo morador que paga seus impostos quer rua asfaltadas, pois além de melhorar a qualidade de vida, valoriza imóveis, melhora o trânsito e deixa a cidade mais bonita.
    ©Divulgação

    ASSECOM


    Imprimir