Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    17/05/2018

    COSTA RICA| Com 09 vagas disponíveis, Câmara de Costa Rica vai realizar concurso público em 2018

    ©Divulgação
    A Câmara Municipal de Vereadores de Costa Rica-MS vai realizar concurso público em 2018, com o objetivo de preencher nove vagas do quadro efetivo de servidores da Casa de Leis. Segundo o presidente do Legislativo costarriquense, José Augusto Maia Vasconcellos, o Dr. Maia (DEM), o edital do certame será publicado nos próximos dias e a previsão é homologar o resultado final do concurso até o mês de agosto desse ano.

    Dr. Maia e o representante da Unisisp Concursos
     assinam contrato para realização do concurso
    Na manhã de quarta-feira (16/05), Dr. Maia se reuniu com Ricardo Henrique Camuci, diretor da Unisisp Concursos, empresa que recentemente venceu a licitação para organizar o concurso público do Parlamento Municipal. Nesse encontro, o presidente da Câmara e Ricardo Henrique assinaram o contrato que oficializa a contratação da Unisisp Concursos para a realização de todas as etapas da seleção, desde o recebimento das inscrições, elaboração e divulgação do edital, aplicação e correção das provas e classificação final dos candidatos.
    Após a assinatura do contrato, Dr. Maia ressaltou que esse será o segundo concurso público que a Câmara de Vereadores de Costa Rica realiza ao longo dos 38 anos de história da Casa de Leis. “A nossa Câmara tem 38 anos de existência e foi realizado somente, até agora, um concurso. Então nós entramos, com a gestão 2018, para fazermos mais esse marco, que é o concurso público, que deve realizar-se nos próximos meses, e até o final do mês de agosto com certeza o mesmo será homologado”, afirmou.
    Ainda conforme o presidente da Câmara, os candidatos aprovados no concurso de 2018 vão ser convocados ainda esse ano para tomarem posse. “Assim que houver a homologação com o resultado das pessoas aprovadas, nós iremos de imediato convoca-las”, adiantou ele.

    Ao todo, serão oferecidas nove vagas no concurso público da Câmara de Costa Rica, conforme a tabela abaixo:


    Para todas as vagas, os candidatos serão submetidos à prova teórica com questões de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, além de prova de títulos. Com exceção do cargo de assessor contábil, para todas as demais vagas haverá também aplicação de prova prática.

    Para realizar a inscrição, o candidato deve aguardar a publicação do edital de abertura do concurso público, que será divulgado em breve no Diário Oficial Online de Costa Rica (DIOCRI), no site da Câmara de Vereadores – www.cmcostarica.ms.gov.br – e no site da organizadora do certame - http://www.unisisp.com.br.

    Somente com a publicação do edital de abertura, o candidato poderá obter informações sobre a data de realização das provas objetivas e práticas, conteúdo programático, inscrições e pedidos de isenção. Portanto, é preciso esperar!

    Dr. Maia informou que a Câmara Municipal vai garantir o máximo de lisura e transparência na realização de concurso público e inclusive irá convidar o Ministério Público (MP) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para acompanharem a aplicação das provas.

    “Eu exigi do representante da empresa (Unisisp Concursos) toda a transparência, tudo que for necessário para que o concurso transcorra com idoneidade. Inclusive, solicitei que fosse enviado um ofício para o Ministério Público da comarca de Costa Rica e à subseção da OAB do município, caso queiram mandar um representante para acompanhar a aplicação das provas. Nosso objetivo é garantir a maior lisura possível, para que quem realmente estudou, quem tiver capacidade, venha a ocupar uma vaga na Câmara Municipal de Costa Rica”, esclareceu o presidente da Casa de Leis.

    O Legislativo costarriquense possui um quadro enxuto de servidores: são apenas cinco funcionários efetivos e outros cinco comissionados. Com a realização do concurso público, a intenção é diminuir a sobrecarga de trabalho a que se submetem os atuais servidores da Casa de Leis e melhorar ainda mais os serviços oferecidos pela Câmara Municipal à população.

    “Acaba aquele ranço antigo da política de cada um ter o seu padrinho político no emprego e deixando a capacidade técnica e a pessoa com maior bagagem de lado. Vamos ocupar via concurso as vagas de um órgão público, para poder melhor atender à sociedade de Costa Rica”, enfatizou Dr. Maia.

    ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS