Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/03/2018

    Temer começa a montar equipe de campanha com ajuda de auxiliares

    Marqueteiro Elsinho Mouco, que hoje está à frente da publicidade do Planalto, deixaria a conta e se dedicaria exclusivamente à imagem do pré-candidato

    © Alan Santos/PR
    Depois de declarar que avalia concorrer à reeleição, o presidente Michel Temer tem solicitados aos seus auxiliares a sugestão de nomes para integrar a possível equipe de comunicação da sua campanha.

    Nesse sentido, segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o marqueteiro Elsinho Mouco, que hoje está à frente da publicidade do Planalto, deixaria a conta e se dedicaria exclusivamente à imagem do pré-candidato.

    Há cerca de uma semana, Temer afirmou que "não é improvável" sua candidatura. "Ainda não decidi. Não é improvável. Mas não decidi ainda", declarou. Perguntado sobre quando haverá uma definição, respondeu: "Ah, o tempo dirá".

    Segundo o presidente, sua participação nas eleições será ainda "objeto de conversações", inclusive com o atual ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que decidiu deixar o cargo, no início de abril, para filiar-se ao MDB e tentar viabilizar seu nome ao Planalto.

    Meirelles vai migrar para o partido de Temer mesmo sem a garantia de que será o nome da sigla na corrida presidencial. Ainda conforme a Folha, na conversa com o presidente, o ministro disse saber que não tem a preferência dentro do MDB para a candidatura, mas que quer tentar se viabilizar até a decisão final do inquilino do Palácio do Jaburu, em junho.

    Fonte: NAOM


    Imprimir