Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    13/03/2018

    Esposa é agredida com socos e tijoladas na cabeça e defende marido na delegacia

    Disse que ama o companheiro

    © Ilustração
    Mesmo depois de ser espancada com socos e tijoladas na cabeça, na noite desta segunda-feira (12), na cidade de Inocência, a 321 quilômetros de Campo Grande, uma mulher de 24 anos defendeu o marido de 22 anos na delegacia afirmando “gosto de apanhar. Amo muito ele”.

    Vizinhos acionaram a polícia por volta das 23 horas depois de verem a jovem ser espancada pelo marido com socos no rosto, sendo também agredida com tijoladas na cabeça causando cortes.

    Quando a polícia chegou a residência, a mulher negou que teria apanhado do marido mesmo com o rosto todo ensanguentado. Já o autor confirmou que bateu na mulher, por causa, de ciúmes e também por que teria ingerido bebidas alcoólicas.

    Os militares tentaram levar a mulher para atendimento médico, mas ela se recusou e também teria afirmado não fazer exame de corpo de delito para não produzir provas contra o marido.

    Na delegacia, a vítima se recusou a registrar a ocorrência afirmando amar o companheiro, “gosto de apanhar, amo muito ele”. Ela ainda teria dito que sempre apanhou do autor.

    Fonte: Midiamax
    Por: Thatiana Melo 


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS