Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    07/03/2018

    Decisão do STF para prender Amorim é comunicada à Justiça Federal

    Empresário foi alvo da operação Fazendas de Lama

    ©Arquivo
    A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de derrubar liminar que garantia a liberdade do empresário João Krampe Amorim já foi encaminhada para a 3ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande e deve ser repassada para a superintendência da Polícia Federal. A prisão do empresário alvo da Operação Fazendas de Lama - desdobramento da Lama Asfáltica - é questão de tempo e pode acontecer ainda nesta quarta-feira (7).

    Depois de ter prisão temporária decretada pela Justiça Federal em maio de 2016, Amorim foi solto em razão de habeas corpus e a defesa também recorreu ao STF para análise da soltura, em setembro do ano passado.

    Na sessão de terça-feira, o julgamento foi retomado com o voto do ministro Alexandre de Moraes, que discordou do relator ao entender que o decreto de prisão foi devidamente fundamentado.

    O ministro aponta que o juiz examinou detalhadamente todos os elementos investigatórios iniciados pelo Ministério Público e os demais procedimentos envolvendo diversos agentes públicos.

    A comunicação da decisão do STF já foi encaminhada à 3ª Vara da Justiça Federal, responsável pela decretação da prisão. De acordo com o sistema da Justiça, a comunicação foi encaminhada às 13h05 desta quarta para o gabinete do desembargador federal Paulo Fontes. A mesma comunicação também foi encaminhada à Polícia Federal, de acordo com a Justiça Federal.

    Ainda não há confirmação de quando a prisão de Amorim deve acontecer, mas é possível que equipes da PF cumpram a determinação do STF ainda nesta quarta. 

    Fonte: Midiamax
    Por: Aliny Mary Dias


    Imprimir