Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/03/2018

    ALCINÓPOLIS| Secretária Municipal de Desenvolvimento visita Fazenda modelo de sustentabilidade no município

    © Divulgação 
    A Secretária Municipal de Desenvolvimento, Agricultura, Pecuária, Turismo e Meio Ambiente, Bruna Barbosa, acompanhada da engenheira florestal, Maria Santos, esteve na Fazenda Cabaça, do pecuarista e engenheiro elétrico Antônio Ricardo Sechis, para conhecer o sistema de produção de carne bovina que se tornou uma eficiente máquina para produzir bois de qualidade.

    A visita ocorreu a convite de Daniel Carvalho, administrador da Fazenda, onde a gestora pode conhecer de perto o sistema sustentável de cria de gado que garante ao pecuarista o selo internacional Rainforest Alliance Certified, por meio do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola – Imaflora. “Sechis é o único brasileiro portador deste certificado em pecuária bovina, devido as boas práticas de manejo e uma gestão responsável dos recursos naturais”, disse a Secretária. 


    O projeto começa em Alcinópolis, onde acontece a cria do gado Nelore, cruzado com as raças Angus e Wagyu, que segue para a engorda e a preparação para o abate no interior de São Paulo, onde também são realizadas pesquisas.

    De forma sustentável, o pecuarista contribui para a redução do impacto das atividades pecuárias sobre o meio ambiente realizando manejo responsável de pastagens, regras para o bem-estar animal, redução de emissão de gases de efeito estufa, entre outros requisitos ambientais.

    Além de ser utilizada por renomados chefs de cozinha, o pecuarista fornece carne a um açougue próprio na capital paulista, da marca Beef Passion, e à rede varejista Oba Hortifruti, com 40 lojas no País. “Na oportunidade, convidamos Ricardo para realizar uma palestra em Alcinópolis, onde ele irá transmitir aos pecuaristas locais toda a sua experiência na área de produção de carne de alta qualidade, com consciência ambiental”, disse a engenheira florestal.

    Unidade de Conservação – Segundo a Secretária Bruna, o contato com Antônio Ricardo ocorreu primeiramente por conta da criação da Unidade de Conservação da Serra do Bom Sucesso, a qual parte da reserva está localizada em sua propriedade. “Ele nos apoiou prontamente, visto que cerca de 300 hectares da reserva legal da Fazenda Cabaça fará parte da UC”, explicou Bruna.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir