Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    22/02/2018

    A teatroterapia enquanto recursos terapêutico na resolução de conflitos

    © Reprodução
    Recurso terapêutico e de expressão riquíssimo, veículo de comunicação diversificado, que proporciona o treino de habilidades multidimensionais, qualidade de vida e autocuidado. 
    Estratégia terapêutica baseada no Método Boal de Teatro e Terapia, no Teatro da Espontaneidade de Moreno, em princípios de Psicomotricidade e abordagens corporais como a bioenergética e o Sistema Rio Aberto, bases teórico-práticas da Terapia Ocupacional, além de ferramentas do teatro como a teatralidade, a espontaneidade e os jogos dramáticos. Foi concebida e acontece desde 1997. 

    OBJETIVOS 

    Criar um espaço de reflexão a respeito dos valores pessoais e da história de vida; promover o auto cuidado, a consciência corporal, a auto-percepção, a auto-estima, a socialização, a troca de experiências no contexto grupal e auxiliar na vivência mais consciente do próprio cotidiano. 

    DEFINIÇÃO 

    O Teatro Espontâneo do Cotidiano concebe diversas maneiras de viver a realidade individual e coletiva de forma lúdica através da verbalização e de outras formas de expressão. Pela re-vivência da vida cotidiana, busca-se as questões conflitivas, intrincadas na maneira como cada um vivencia o cotidiano diante de situações desafiadoras. A liberação de emoções que emergem durante a terapia, são simbolicamente enfrentadas, para que sejam transpostas para a atuação na vida real. A técnica teatral explora as possibilidades de (re)vivê-las, concedendo-lhes o poder de transformação através da (des)construção deste cotidiano. Através dos jogos dramáticos, trabalham-se a espontaneidade, o processo criativo e a auto-expressão, habilidades necessárias para viabilizar novas maneiras de repensar as posturas pessoais, os papéis desempenhados e as atuações inconscientes, tornando-as visíveis, objetivas e re-vividas, com enfoque na resolução de conflitos. Além disso, as abordagens corporais permitem o acesso a emoções contidas e impressas no corpo, por meio da vivência de técnicas e movimentos que exploram a consciência corporal e a auto-percepção. 
    O trabalho de interação grupal possibilita acessar a importância do grupo enquanto suporte e espelho no processo de autoconhecimento e de evolução pessoal. 
    Portanto, o processo terapêutico dá-se pela conscientização de si enquanto ser que pode atuar intencionalmente no mundo ao redor, um ser socialmente ativo, transformador da própria realidade. 

    COMO, ONDE E QUANDO ACONTECE

    Trabalho grupal, aberto e número máximo de 20 participantes. 
    Encontros semanais de duas horas com duração de 06 meses. INSCRIÇÕES ABERTAS 

    DIA: QUARTA FEIRA – INICIO EM MARÇO (dependendo do numero de inscrições) 

    HORÁRIOS: DAS 18H30M ÀS 20H30M 

    LOCAL: RUA ANA AMÉRICA, 500 – PLANALTO 

    Valor: R$ 150,00 (CENTO E CINQUENTA REAIS MENSAIS) 

    NÃO TEM TAXA DE MATRÍCULA, E O PAGAMENTO DA MENSALIDADE DEVERÁ SER EFETUADO NA PRIMEIRA AULA

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS