Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/01/2018

    TRÊS LAGOAS| Alunos da Escola “Joaquim Marques de Souza” se destacam em exames do IFMS e EBEP

    Das escolas municipais de Três Lagoas, essa foi a que mais teve alunos do ensino fundamental aprovados nos exames do IFMS.

    © Divulgação
    Motivo de orgulho para diretores e professores, dez alunos da Escola Municipal “Joaquim Marques de Souza” se destacaram e obtiveram nota alta nos exames para os cursos técnicos do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) e na Educação Básica Educação Profissional (EBEP) do Instituto Sesi/Senai. As provas foram realizadas no final de 2017 e, essa é a maior aprovação entre as escolas municipais de Três Lagoas

    Dos 11 estudantes que fizeram a prova, nove garantiram suas vagas nos cursos de Técnico em Eletrotécnica e Técnico em Informática do IFMS e um estudará no plano de Educação Continuada do Sesi/Senai, que integra curso profissionalizante ao ensino básico.

    Estudando técnico em eletrotécnica, a adolescente Jaqueline Costa Valentim, que tem 15 anos de idade, está otimista com o curso. “Estou muito feliz com a minha escolha e devo isso ao incentivo e dedicação dos professores. Tenho certeza que este curso me abrirá muitas portas”, disse Jaqueline.

    Gabriela Mira e Any Caroliny optaram por técnico em informática. Ambas esperam se profissionalizar e encontrar boas oportunidades de emprego.
    © Divulgação
    Foram aprovados os alunos Any Caroliny Castro dos Santos, Ariane Greizielle Valentim da Silva, Davi Baracat Gonçalves, Diego de Jesus Leite, Eduardo Pereira da Costa, Gabriela Mira dos Santos, Jaqueline Costa Valentim, Luiz Fernando Soares da Silveira, Renato Guilherme Chioato Baeta e Lara Baracat Gonçalves.

    Como homenagem, os representantes do colégio fixaram uma faixa em frente à escola parabenizando os alunos. Para a diretora Maria Ferreira Sindor, essa é uma vitória de toda escola. “Ficamos muito felizes e orgulhosos em saber que nossos estudantes conseguiram a vaga que tanto se esforçaram pra conquistar. Eles se desdobraram, sacrificaram o lazer dos fins de semana se dedicando aos estudos. Muito merecido”, disse a diretora.

    Eduardo Barbosa, professor de matemática, diz que esses adolescentes são exemplo de superação. “Nossos alunos merecem ser reconhecidos. Vejo sempre adolescentes acostumados com a falta de expectativa de periferia e não chegam a lutar pelos seus sonhos. Esses meninos e meninas mostraram que é possível chegar onde se quer, mesmo disputando com quem tem melhores condições de aprendizagem”, exclareceu Eduardo.

    Com idade entre 14 e 15 anos, os aprovados são do 9º ano do ensino fundamental. Na prova do IFMS, eles tiveram nota entre 40 e 56 pontos. O aluno que ingressará no EBEP conseguiu atingir nota máxima ao somar sua média escolar com a redação do exame.


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir