Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    15/01/2018

    Suspeito de assassinar ex-mulher na frente das filhas continua foragido

    Halley foi sepultada nesta segunda-feira (15) no cemitério do município e o enterro reuniu dezenas de pessoas entre familiares e amigos

    Enterro de vítima foi realizado nesta tarde e reuniu dezenas de pessoas entre familiares e amigos (Foto: Ricardo Ojeda/ Perfil News)
    Continua foragido Renato Bastos Ottoni, 62 anos, o principal suspeito de assassinar a tiros a ex-mulher Halley Coimbra Ribeiro Junqueira, 38 anos, em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo uma das filhas da vítima, o caso pode ter sido motivado devido a um desacordo sobre o valor a ser pago referente a pensão alimentícia.

    O crime aconteceu na casa do casal por volta das 18h de ontem (14), no Jardim Santa Júlia e chocou o Estado, pois o suspeito teria atirado na frente das três filhas da vítima.

    De acordo com a delegada que está à frente das investigações, Letícia Mobis Alves, da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), até esta tarde o suspeito ou algum defensor dele entrou em contato com a delegacia para marcar uma possível apresentação. “Até chegamos a procurar um advogado que o representava em outra causa, contudo, ele nos informou que não tem contato com o cliente há um tempo”, revelou a delegada.
    Renato Bastos Ottoni e Halley Coimbra Ribeiro Junqueira (Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook)
    A delegada explica que mais informações não serão divulgadas para que as investigações não sejam prejudicadas.

    Halley foi sepultada nesta segunda-feira (15) no cemitério do município e o enterro reuniu dezenas de pessoas entre familiares e amigos.

    Assassinato  

    Conforme boletim de ocorrência, a filha da vítima de 15 anos contou que estava no quarto, quando ouviu disparos de arma de fogo e a mãe pedindo “pelo amor de Deus para o autor não atirar”. Em seguida, a adolescente ouviu um terceiro disparo e um barulho no interfone, indicando que alguém abria o portão. Ela, então, saiu do cômodo e encontrou a mãe caída na cozinha embaixo de uma poça de sangue na região da cabeça. Já o padrasto, havia fugido com o veículo Cruze, de cor cinza.

    Fonte: campograndenews
    Por: Guilherme Henri


    Imprimir