Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/09/2018

    Prazo para saque do PIS/Pasep termina sexta-feira (28), confira se você tem direito

    Mais de 50 mil beneficiados ainda não sacaram o dinheiro na Caixa

    Cada cotista deve receber, em média, R$ 1.370 reais ©Divulgação
    Termina na sexta-feira (28), o prazo para que cotistas do PIS com menos de 60 anos possam sacar o benefício. Os trabalhadores que ainda não sacaram o benefício podem consultar o valor e qual o melhor canal para o saque aqui

    A consulta permite ver o valor que cada cotista tem a receber e os canais disponíveis para realização do pagamento. Caso o valor já tenha sido creditado em conta, o site também informará qual a conta e banco em que foi creditado o PIS.

    A partir de 1º de outubro, os saques voltarão a ser permitidos somente para os cotistas que atendam a um dos critérios previstos: pessoas com 60 anos ou mais, aposentados, herdeiros de cotistas, pessoas em situação de invalidez ou acometidos por doenças específicas.

    Para facilitar o atendimento aos cotistas que ainda não sacaram seus benefícios, as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo hoje, exceto nas regiões em que esse horário não for a melhor condição de atendimento aos clientes. Nesses locais o critério será definido pelas superintendência local. 

    Até o início da semana eram mais de 51 mil trabalhadores em Mato Grosso do Sul com R$ 65 milhões a receber. O valor não é pequeno para quem quer colocar a vida financeira em dia, já que cada cotista deve receber, em média, R$ 1370.

    A Caixa também disponibiliza outros canais para consulta ao benefício, como aplicativos, o Cartão do Cidadão e ainda internet banking.

    QUEM PODE SACAR?

    O saque das cotas do Fundo PIS/Pasep é voltado para cotistas de todas as idades que trabalharam entre 1971 e 1988 e válido até hoje. É importante lembrar também que esse benefício não tem relação com o abono salarial anual do PIS/Pasep.

    Para fazer o saque, trabalhadores de empresas privadas devem procurar uma agência da Caixa Econômica. Já para os servidores públicos, esse saque deve ser feito em agências do Banco do Brasil. 

    Lembrando que após hoje as regras antigas voltam a valer, ou seja, os saques só poderão ser feitos por quem tiver 60 anos ou mais ou se pedir a aposentadoria, por exemplo. Já os correntistas de bancos privados poderão receber o depósito direto na conta, desde que não haja problemas cadastrais. 

    As datas variam de acordo com o cronograma estabelecido em cada banco, portanto não deixe de ir até a sua agência e verificar se você tem direito.

    Por ROSANA SIQUEIRA


    Imprimir