Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/01/2019

    Brumadinho é evacuada após risco de rompimento de outra barragem

    Sirene tocou na manhã deste domingo (27) e moradores foram orientados a deixar suas casas; o evacuamento previsto é de 24 mil pessoas

    ©Reuters
    Moradores acordaram em pânico no fim da madrugada deste domingo (27) em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Pouco antes da alvorada, mais precisamente às 5h30, a Vale acionou as sirenes de alerta da região da Mina Córrego do Feijão ao detectar aumento dos níveis de água nos instrumentos que monitoram a barragem VI.

    O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou que houve acionamento de alarme em Brumadinho para risco iminente de rompimento de barragem.

    Os moradores que moram nas zonas mais baixas de Brumadinho foram orientados a procurar regiões altas. 

    Segundo o porta-voz dos Bombeiros, Pedro Aihara, as principais regiões evacuadas de Brumadinho por conta do novo risco de rompimento da barragem 6 são: Pires, Centro, Parque da Cachoeira e Progresso.

    A orientação é para que os se direcionem para três pontos de encontro: Igreja Matriz, no centro; Delegacia; Morro do Querosene.

    O evacuamento previsto é de 24 mil pessoas.

    A Vale continuará monitorando a situação, juntamente com a Defesa Civil.

    NAOM



    Imprimir