CAMPO GRANDE (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/12/2018

    'Minha decisão tem de ser obedecida', diz Marco Aurélio Mello

    Ministro do STF mandou soltar presos condenados em segunda instância

    ©Adriano Machado / Reuters
    Autor de medida polêmica, publicada há pouco, que manda soltar presos condenados em segunda instância, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), explicou ao G1 a razão pela qual chegou à decisão.

    "Achei que não podia encerrar o ano no Judiciário sem tomar uma decisão sobre o assunto, por isso tomei uma decisão", afirmou, complementando que, quando o caso é urgente, o plenário deve analisá-lo rapidamente.

    O ministro foi incisivo ao dizer que, "se o Supremo ainda for o Supremo, minha decisão tem de ser obedecida, a não ser que seja cassada".

    "Vai ser um teste para a nossa democracia, para ver se as nossas instituições ainda são respeitadas", finalizou.

    NAOM



    Imprimir