Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    10/11/2018

    Tempestades fazem Conmebol adiar decisão entre Boca e River

    O árbitro Roberto Tobar e seus assistentes tomaram a decisão após vistoriarem o gramado por volta das 16h20

    ©Agustin Marcarian/Reuters
    Afinal da Libertadores está suspensa. As fortes tempestades que atingiram Buenos Aires neste sábado (10) fizeram a Conmebol adiar a realização do duelo entre Boca Juniors e River Plate, inicialmente prevista para 18h (de Brasília). Segundo o perfil oficial da Conmebol no Twitter, o jogo será realizado domingo (11), às 17h (de Brasília). O árbitro Roberto Tobar e seus assistentes tomaram a decisão após vistoriarem o gramado por volta das 16h20.

    A chuva forte que caiu na capital argentina surpreendeu pela intensidade. A comissão de arbitragem e delegados da partida fizeram diversas checagens do gramado ao longo da tarde.

    A entidade chegou a confirmar a partida por volta das 15h (de Brasília), quando o sistema de drenagem no estádio parecia ter controlado as poças de água. A entrada da imprensa e da torcida foi liberada, mas, minutos depois, a chuva voltou a cair e obrigou a Conmebol a voltar atrás. Centenas de torcedores do Boca já estavam na Bombonera para a decisão, que terá torcida única.

    Até os clubes se confundiram com a demora. O elenco do Boca chegou a sair da concentração e entrar no ônibus para se dirigir ao estádio, mas a Conmebol pediu para o clube aguardar. Os jogadores desceram do ônibus e voltaram para seus quartos no hotel.

    A chuva que varreu Buenos Aires foi tão forte que, segundo informações da Fox Sports na Argentina, uma estrutura metálica do terceiro andar da Bombonera caiu para o primeiro andar. Ninguém ficou ferido. 

    NAOM-Com informações da Folhapress.


    Imprimir