Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/10/2018

    Bolsonaro pede que aliados não fiquem na casa dele durante apuração

    O capitão reformado pediu que só a família e aliados mais próximos acompanhassem de sua casa a apuração

    ©Reuters
    A família do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) ficou incomodada com a romaria de aliados da campanha em sua casa, na Barra da Tijuca, zona oeste, Rio, e pediu que eles não permanecessem em sua casa. Estão no local os filhos Carlos Bolsonaro (PSC), vereador no Rio, e o mais novo, Renan Bolsonaro, além de sua mulher, Michelle.

    Bolsonaro pediu que só a família e aliados mais próximos acompanhassem de sua casa a apuração. Já estiveram no local o general Augusto Heleno, que seria o ministro da Defesa em um possível governo, o deputado Onyx Lorezoni (DEM), que seria o seu chefe da Casa Civil, e o senador Magno Malta. 

    NAOM-Com informações do Estadão Conteúdo.


    Imprimir