Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    10/05/2018

    Temer ainda não decidiu se deixará corrida presidencial, diz Meirelles

    Meirelles afirmou que é preciso aguardar a evolução do processo para saber quem será o candidato do partido
    © REUTERS / Adriano Machado (Foto de arquivo) 
    O presidente Michel Temer (MDB) ainda não decidiu se deixará a corrida presidencial. Foi o que afirmou o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles nesta quinta (10).

    "O presidente não tomou ainda uma decisão, tem todo o direito legítimo de ser candidato, está aí conduzindo o país, fazendo reformas fundamentais", disse a jornalistas após debate com presidenciáveis promovido pela Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), em Gramado (RS).

    Meirelles afirmou que é preciso aguardar a evolução do processo para saber quem será o candidato do partido. "Certamente chegaremos a uma conclusão no momento adequado sobre quem é o melhor candidato do MDB."

    Sobre a aproximação entre MDB e PSDB, Meirelles disse que é preciso manter um canal aberto com todos os partidos que têm uma visão comum sobre o prosseguimento das reformas e o crescimento da economia.

    Ele afirmou, no entanto, que não há um movimento concreto para a formação de uma chapa entre os dois partidos. "Acredito que a convergência se dará naturalmente."

    O ex-ministro da Fazenda defendeu o legado do governo Temer e identificou o MDB como "o partido que está fazendo reformas fundamentais no país".

    Segundo a última pesquisa Datafolha, Meirelles e Temer somam 3% das intenções de voto. Ainda assim, o ex-ministro disse considerar que a legenda é bem recebida pela população.

    "Tem uma receptividade extraordinária, as pesquisas mostram que as pessoas que conhecem nosso histórico têm uma alta predisposição de votar." De acordo com Meirelles, o que existe é a necessidade de aumentar o conhecimento do povo. 

    NAOM-Com informações da Folhapress.
    Imprimir