Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/04/2018

    FHC sobre execução de Marielle: 'Bandidos mandaram o recado'

    Para ex-presidente, poder ilegal mostrou estar disposto a tudo para preservar seus domínios

    © Reuters
    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) avalia que tratar a execução da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) como mais um assassinato "é não entender o recado que quiseram dar os que a mataram".

    Em artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, ele afirmou também os autores do assassinato "quiseram deixar claro que o poder ilegal está disposto a tudo para preservar seu domínios" e que a intervenção militar no Rio de Janeiro, embora "não devidamente preparada" e incapaz de solucionar todos os males, "é vista como uma ameaça real pela banda podre das forças policiais, pelas milícias e pelas organizações criminosas".

    "Não é uma questão partidária ou mesmo ideológica. Os que mataram a vereadora, assim como os assassinos da juíza Patrícia Acioli, em 2011, e de centenas de policiais nos últimos anos no Rio de Janeiro, não são de esquerda nem de direita, são bandidos. E bandidos organizados em poderes paralelos que se impõem pela violência e pela corrupção", prosseguiu.

    Fonte: NAOM
    Imprimir