Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/01/2018

    Temer quer antecipar emendas para ter apoio à reforma da Previdência

    A estratégia conta com o apoio do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

    © Adriano Machado/Reuters
    O Palácio do Planalto pretende antecipar o pagamento de verbas de emendas parlamentares para tentar estimular a adesão à reforma da Previdência. Para isso, o governo deve iniciar um pente-fino nas emendas que ainda estão sob análise para identificar casos em que será possível antecipar o pagamento de verbas.

    De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a estratégia de antecipar a execução do Orçamento conta com o aval do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), principal articulador das mudanças nas regras de aposentadoria dentro do Congresso.

    No Palácio, a avaliação é de que a decisão do STF no caso Cristiane Brasil terminou de sepultar a reforma da Previdência. No entanto, Temer pediu a aliados que não se desviem do plano de retomar as discussões sobre o projeto no dia 6 de fevereiro.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS