Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/01/2018

    Lula admite que pode ser preso e monta estratégia, diz colunista

    Em conversa com aliados, ex-presidente teria falado sobre a possibilidade de usar prisão temporária como forma de campanha eleitoral.

    © Paulo Whitaker / Reuters
    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria afirmado a aliados que considera "provável" ser preso após a condenação imposta pelo Tribunal Regional Eleitoral da 4ª Região (TRF-4) na última quarta-feira (24).

    No entanto, de acordo com a colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o ex-presidente considera que uma prisão temporária lhe dar vantagem na campanha eleitoral. Os integrantes do partido, porém, admitem que o petista pode passar tempo maior na cadeia.

    Ainda não se sabe quando o Supremo Tribunal Federal (STF) incluirá em pauta a discussão sobre autorização de que condenados comecem a cumprir pena logo após da confirmação de sentença em 2ª instância. No momento, boa parte dos ministros está de férias.

    A colunista afirma, contudo, que a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, teria sinalizado que poderá pautar o assunto já no próximo mês.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS