Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/12/2017

    Laudo conclui que Maluf, embora debilitado, pode continuar na Papuda

    IML confirma problemas na saúde do deputado, mas acrescenta que, com acompanhamento ambulatorial, ele no momento não precisa ser transferido para prisão domiciliar

    © Adriano Machado/Reuters
    Laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Brasília realizado na sexta-feira (22) confirma problemas na saúde do deputado Paulo Maluf (PP-SP), mas conclui que ele tem condições de permanecer preso no Complexo Penitenciário da Papuda, na Capital Federal, desde que com acompanhamento ambulatorial especializado.

    O documento, divulgado pelo jornal O Estado de São Paulo, atesta que o ex-prefeito de São Paulo apresenta "alterações degenerativas da coluna lombar" e um câncer, ou "adenocarcinoma metastático de próstata".

    “Apesar de apresentar-se clinicamente bem no presente momento, existe a possibilidade de deterioração progressiva e até mesmo rápida do quadro clínico a depender do comportamento evolutivo do câncer de próstata”, diz o laudo.

    A defesa de Paulo Maluf pede que ele seja transferido para prisão domiciliar devido aos problemas de saúde.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS