Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 10 de novembro de 2017

    Projeto obriga lojas a divulgar taxa de juros em vendas a prazo

    Intenção é informar ao consumidor o "preço real" do produto

    Projeto foi apresentado pelo deputado Felipe Orro, na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)
    O projeto do deputado Felipe Orro (PSDB) obriga estabelecimentos comerciais e instituições financeiras, em Mato Grosso do Sul, a divulgar por meio de uma tabela, fixada no local, as taxadas de juros mensais e anuais, cobradas em vendas a prazo no cartão de crédito. A justificativa é que o consumidor tem o direito a esta informação.

    "Vivemos em um país com uma das maiores taxas de juros, o que leva, juntamente com uma cultura consumista e baixo poder aquisitivo da maioria, a um endividamento cada vez maior. Para tanto, o projeto assegura o conhecimento das informações", disse o autor.

    O deputado ressalta que o consumidor precisa saber o "valor real" do produto. Estas tabelas divulgadas no local, precisam constar as taxas mínimas e máximas de juros, para cada financiamento, assim como informações como multas e demais encargos. As placas precisam estar em local visível e de fácil acesso.

    O projeto ainda estipula que em dias de promoção, as taxas de juros devem estar indicadas ao lado do preço final dos produtos. A matéria vai ser avaliada em duas votações na Assembleia, onde irão analisar a questão jurídica e o mérito. Se for aprovada, ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que pode sancionar ou vetá-la.

    Fonte: campograndenews
    por: Leonardo Rocha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS