Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 14 de novembro de 2017

    PONTA PORÃ| Moradores do Che Roga Mi vão receber títulos de propriedade

    População lotou plenário da Câmara Municipal para acompanhar trabalho dos vereadores © Lécio Aguilera - CMPP
    Histórias de luta tiveram finais felizes na tarde de terça-feira, 14 de novembro durante a sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Ponta Porã. Os parlamentares aprovaram em regime de urgência, projetos de lei que criam benefícios para servidores públicos municipais, professores e moradores de um dos mais populares conjuntos habitacionais da cidade.

    Um dos projetos de lei encaminhados pelo prefeito, Hélio Peluffo Filho, aprova o loteamento denominado Che Roga Mi e autoriza o Poder Legislativo Municipal proceder a doação dos respectivos lotes urbanos para regularização de posse e propriedade naquele bairro. Na prática, os moradores do conjunto construído no começo da década passada, vão receber a escritura definitiva dos imóveis, concretizando desta forma um sonho acalentado há anos.
    Moradores do Che Roga Mi foram à Câmara para acompanhar votação e agradecer vereadores pela realização de um sonho de décadas © Lécio Aguilera - CMPP
    Por isso, dezenas de moradores se deslocaram até a Câmara para acompanhar a votação do projeto de lei. Os vereadores decidiram apressar a votação, colocando o projeto em regime de urgência.

    Votar a matéria que beneficia dezenas de famílias foi motivo de muita satisfação para os parlamentares. Revezando-se na Tribuna, os vereadores demonstraram estar felizes em votar favoravelmente um projeto de lei de grande alcance social.

    O presidente da Casa, Otaviano Cardoso, disse que "a aprovação do projeto resultou da união dos 17 vereadores. A votação em regime de urgência foi decidida por unanimidade entre os pares desta Casa. Trata-se de uma demonstração de que, aqui, quando o projeto beneficia o povo, buscamos os meios legais para apreciar e votar em regime de urgência", afirmou o presidente da Câmara, Otaviano Cardoso.

    "Votando favoravelmente ao projeto, estamos autorizando o prefeito a fazer o documento de propriedade para cada um dos moradores. E, em pouco tempo, o prefeito Hélio Peluffo, juntamente com o governador Reinaldo Azambuja estará entregando o documento de escritura para cada família do Che Roga Mi", esclareceu o presidente.

    Salários dos professores

    Outro projeto de lei votado em regime de urgência é o dispõe sobre o reajuste de salários aos profissionais do magistério, referente aos meses de janeiro a abril de 2017. Aprovado por unanimidade, o projeto concede aos professores da Rede Municipal, o direito de receber em doze parcelas que serão pagas em 2018, dos valores retroativos ao reajuste que foi concedido pelo município em maio de 2017.

    Os parlamentares também colocaram em votação em regime de urgência o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo Municipal a estabelecer que a menor remuneração dos servidores seja de um salário mínimo vigente no Brasil. Desta forma, os servidores que ganham o menor salário no município, terão direito a um reajuste neste fim de ano.

    A aprovação destes projetos assegura uma conquista para os servidores e os professores que lutaram bastante para conseguir os reajustes. A luta de ambos teve final feliz.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS