Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    25/11/2017

    PONTA PORÃ| Ao lado do prefeito Hélio Peluffo, Reinaldo Azambuja lança e inaugura várias obras no município

    © Tião Prado 
    Neste sábado, dia 25, o prefeito Hélio Peluffo recepcionou, ao lado de vereadores, secretários municipais e lideranças classistas, o governador Reinaldo Azambuja que veio para Ponta Porã participar da inauguração de obras e o lançamento do programa Recape, que possibilitará o recapeamento de avenidas e ruas do centro e bairros, num investimento na ordem de R$ 10 milhões, totalizando 156 mil metros quadrados de asfalto.

    Na entrega dos títulos de propriedade para os moradores do Residencial Che Roga Mi que a mais de 20 anos estão nessa luta, o prefeito Hélio Peluffo Filho disse que esse foi um compromisso feito pelo governador ao município e que nessa data torna-se realidade. "Esse é o mato Grosso do Sul que nós queremos e se hoje nós conseguimos realizar algumas coisas e entregar alguns dos nossos compromissos, é porque seguimos o exemplo da sua campanha e da sua administração", enfatizou o prefeito.
    © Tião Prado 
    O prefeito lembrou que obras que estão de norte a sul no município de Ponta Porã, são em razão da parceria com o governo do estado, citando exemplo do asfalto do Jardim dos Estados, assim como rua corinto, Belo Horizonte, Porto alegre. Lembrou ainda que serão entregues equipamentos para a melhoria de atendimento a população na área da saúde, para 24 postos de saúde, comentando em seu discurso que certa vez, ao chegar no posto de saúde do bairro da Granja, presenciou um servidor trabalhando sentado em uma cadeira de rodas, pois o posto não contava com equipamentos de escritório.

    O prefeito ainda fez um agradecimento a Assembléia Legislativa, pois Ponta Porã receberá cerca de 2 milhões e trezentos e oitenta mil reais em emendas parlamentares de todos os deputados, cujo recurso terá destinação de 60% para a saúde e o restante será utilizado para colocar ar condicionado na maioria das escolas da cidade.

    Hélio Peluffo Filho lembrou ainda a construção de 5 CEINFS, 1 CRASS, 1 CAPS, sendo todas essas obras parceria com o Estado.
    © Tião Prado 
    Finalizando sua fala, o prefeito falou que no dia 30, os funcionários receberão o salário de novembro. Dia 19 de dezembro, será pago o 13º e no dia 26 será pago o salário de dezembro. No dia 28 de dezembro, de acordo com o prefeito, nenhum fornecedor do município de Ponta Porã terá contas a receber. "Enxugamos a máquina, equilibramos as contas, gastamos o que é permitido, seguindo o exemplo do meu governador que fez o Mato Grosso do Sul dar certo e me orgulho do governador do PSDB, me orgulho de ser companheiro do Reinaldo Azambuja", finalizou Hélio Peluffo Filho.

    O governador Reinaldo Azambuja lembrou da crise que atinge todo o país, lembrando que dos 27 estados, 20 não conseguem nem pagar a folha dos servidores. Enfatizou que apesar das dificuldades, em Ponta Porã, o prefeito e sua equipe estão com a folha em dia, assim como o 13º; redução da taxa de lixo; 14º para as escolas municipais com melhores notas no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica); entrega dos títulos de propriedade para os moradores do Residencial Che Roga Mi.

    Reinaldo Azambuja falou ainda da implantação do Sistema de Radiocomunicação Profissional Móvel Troncalizado Digital na faixa de Fronteira, investimento de R$ 20,7 milhões, dando capacidade operacional melhor para a polícia; entrega da reforma do presídio; entrega de viaturas para a polícia; entrega de motos para a Secretaria Municipal de Segurança, para que a guarda municipal possa atender melhor a população.

    "Poder fazer um dos maiores investimentos em saneamento, e é sabido que tem muitos políticos que não gostam de investir em saneamento", afirmou o governador, lembrando ainda que sua primeira obra, no ano de 1997, como prefeito de Maracaju, foi uma estação de tratamento de esgoto, por acreditar que quando se investe em saneamento, investe-se na vida das pessoas, melhorando a qualidade de vida, não sendo esse tipo de obra a eleitoreira, pois é enterrada no chão, longe da cidade. " E hoje, em Ponta Porã, tivemos a inauguração da ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) localizado no Jardim Estoril, sendo 88.723 m de rede coletora de esgoto e 4.486 ligações domiciliares, pois para cada 1 real investido em saneamento, economizamos 4 reais na saúde", disse Reinaldo Azambuja.

    O governador falou da alegria de ver várias ruas de diversos bairros sendo pavimentadas e outras recapeadas, num total de 10 milhões de investimentos, sendo 7 milhões do governo estadual e 3 milhões da prefeitura de Ponta Porã.

    Em sua fala, o governador falou que breve será publicado na mídia, que o estado de mato Grosso do Sul continua com nota 10 em transparência, lembrando que quando assumiu o governo, a posição do estado era o último lugar em transparência com nota 1.4, onde nesse quesito, a população tem acesso aos salários do funcionalismo público estadual, valor das obras contratadas, compras realizadas.

    Nessa semana, foi divulgado no jornal folha de São Paulo, que o estado do Mato Grosso do Sul tem o maior PIB (Produto Interno Bruto per capita /ou por pessoa) do Brasil; terceiro estado mais seguro do país; 5º melhor economia para se investir. "Isso é um ganho porque somos um estado jovem, com apenas 40 anos de divisão, e isso só nos motiva a fazer o que estamos fazendo nessa manhã, entregas para a população, melhorias de muitas áreas, pactuação de reconstrução de várias estradas na Cabeceira do apa, pontes de acessos aos assentamentos, água no Nova Itamarati, patrulha mecanizada para atender o pequeno produtor", enfatizou o governador, lembrando que todas essas obras são feitas num momento de crise.

    Finalizando, o governador falou que assim como o prefeito Hélio Peluffo filho soube fazer gestão em Ponta Porã devolvendo o que a população paga em melhorias, o mesmo aconteceu com o estado, onde na dificuldade, soube-se fazer com o Mato Grosso do Sul, um estado que gasta menos com o governo para poder gastar mais com o atendimento as pessoas.​

    Fonte: PoraNews
    Por: Dora Nunes

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS