Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    21/11/2017

    Onevan acompanha Reinaldo em entrega e lançamento de obras

    Deputado esteve com governador em Nova Andradina, Vicentina, Caarapó e Amambai

    © Divulgação
    O deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, acompanhou o governador Reinaldo Azambuja em agendas institucionais para a entrega e lançamento de obras para os municípios de Mato Grosso do Sul.

    Municípios – Onevan de Matos esteve, entre sexta-feira e segunda-feira, ao lado de Reinaldo Azambuja e sua equipe de governo, prefeitos, vereadores e lideranças municipais em Nova Andradina, Caarapó, Vicentina e Amambai.

    “Mesmo num cenário de crise e dificuldade, o Governo do Estado permanece investindo nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, entregando e lançando obras que geram empregos e renda e garantem qualidade de vida à nossa população”, declarou Onevan de Matos.

    Nova Andradina – O Governo do Estado entregou o Conjunto Habitacional “Almesinda Costa Souza” e as obras de ampliação da estação de tratamento de esgoto do município, além de vistoriar as obras do anel viário de Nova Andradina (BR-376 – MS-473).

    Vicentina – Reinaldo Azambuja formalizou a entrega de 100 casas do loteamento “Alto do Barreirão” e assinou ordem de serviço para o início das obras de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em diversas ruas da cidade.

    Caarapó – O município foi contemplado com a entrega da reforma da EE “Arcênio Rojas”, a construção da ponte de concreto armado sobre o leito do Rio Amambai (Ponte do Tarumã) e o asfaltamento de 14 quilômetros da MS-156, entre os entroncamentos da BR-163 e da MS-378.

    Amambai – O Governo do Estado formalizou a entrega da estação de tratamento de esgoto e a ponte de concreto armado sobre o leito do Córrego Macaúba (Fazenda Macaúba/Primo), além de assinar a ordem de serviço para obras de pavimentação, drenagem de águas pluviais e restauração asfáltica de diversas ruas do município.








    Fonte: ASSECOM
    Por: Fernando Ortega


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS