Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    25/11/2017

    No último fim de semana de plantão do IPTU, movimento é bem fraco

    Metade dos guichês estava sem contribuintes na manhã de hoje.

    © Divulgação
    A oportunidade de renegociar dívidas com a prefeitura de Campo Grande termina no dia 30 de novembro, próxima quinta-feira, e o último fim de semana de plantão do IPTU é uma chance tranquila de ficar a par do tamanho da dívida com o município. O movimento é bem fraco na manhã deste sábado. 

    No setor de atendimento, os contribuintes pegam a senha e nem chegam a sentar. Imediatamente são chamados. Muitos funcionários estão desocupados na manhã deste sábado, por falta de público. Por volta das 9h, dos 24 guichês a disposição, só 13 estavam ocupados.

    Pedreiro de 62 anos, que se identificou apenas como Aparecido, tem 3 anos de IPTU atrasados.” “O setor da construção só fazia bicos. Então, tive outras prioridades para pagar. Agora melhorou e resolvi negociar”, justifica. No caso dele, a dívida ultrapassou R$ 2.600. Hoje ele pagou parte do débito e parcelou o restante em 5 vezes de R$ 300,00.

    Quem deve, garante até o dia 30 desconto de 85% nos juros e na correção monetária no pagamento à vista e 75% nas multas, das dívidas tributárias e multas. A exceção são as multas de trânsito. 

    O pagamento parcelado terá desconto de 70% nos juros e na correção monetária em 6 vezes, e 25% nos juros e na correção monetária em 12 vezes. Multas não serão parceladas. 

    Durante a 2ª etapa do Refis, de 1º a 23 de novembro, a Central do IPTU registrou 10,4 mil atendimentos. Nesta última semana o número de pessoas que procuram o local aumentou para uma média de 800 atendimentos por dia.

    A Central do IPTU fica na Rua Arthur Jorge, nº 500, e fica aberta hoje até às 16 horas.

    Fonte: campograndenews
    Por: Ângela Kempfer e Miriam Machado


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS