Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/11/2017

    Minuta que prevê semipresidencialismo no Brasil já está pronta

    Ao que tudo indica,da proposta já percorre entre autoridades do país, segundo a colunista 

    © REUTERS/Adriano Machado
    As regras políticas e eleitorais para as eleições de 2018 podem ser modificadas em breve. É que a adoção do semipresidencialismo no Brasil ganhou mais uma vez novo fôlego em Brasília. Ao que tudo indica, a minuta da proposta que prevê a admissão do sistema já está pronta e percorre entre autoridades do país.

    O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o presidente Michel Temer saíram em defesa da ideia. No entanto, de acordo com informações da colunista Mônica Bergamo, a proposta deve ser barrada por partidos de esquerda.

    Semipresidencialismo em debate

    O sistema de governo, implantado em países como França, Portugal e Finlândia, foi comentado e elogiado por Temer, em agosto deste ano. Segundo ele, a iniciativa é uma das hipóteses "úteis para o Brasil". "Eu tenho conversado com o TSE, com o [presidente da Câmara] Rodrigo Maia, com o [presiente do Senado] Eunício Oliveira e tenho conversado muito sobre isso. Se vai dar certo ou não, não sabemos", disse o presidente.

    Fonte: NAOM
    Por: Mônica Bergamo


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS